Das carrinhas da Gulbenkian

0
18
TI
TI

Recordo, com enternecida saudade, a carrinha Citroën HY estacionada na vila da minha infância.
A carrinha era cinzenta, pertencia à Fundação Calouste Gulbenkian e fazia serviço de biblioteca itinerante através do empréstimo gratuito de livros. Aquele era literalmente um veículo de promoção de leitura, num tempo em que Portugal era um país pobre e amorfo, vivendo entre parêntesis e a preto e branco.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO