Desabafo Paisagístico: As podas das nossas árvores

0
96
blank

Talvez por ter escrito, há alguns meses na imprensa local, algo sobre as podas que não foram feitas, tem chegado ao meu conhecimento, comentários de vários amigos relacionados com a poda que este ano foi efectuada na Praça da República e que a mim se dirigiram fazendo comentários nada abonatórios sobre o método da poda das árvores que no jardim foi feita.

Viu-se uma máquina devidamente equipada com um braço extensível e no extremo do mesmo é manuseada uma moto-serra que corta um galho aqui e outro galho ali, continuando a maior parte dos restantes a crescer na respectiva árvore.

Que eu me lembro, todos os anos as árvores da Praça da República eram podadas e por muitos anos seguidos, essa prática era exercida por pessoas que sabiam o que estavam a fazer, principalmente sabiam como elas deviam ser podadas e não tinham ninguém a dizer-lhes como deviam podar.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura


Horta, Fevereiro de 2022
João Luís O. Pereira