Desporto – Inaugurado primeiro Centro de Marcha e Corrida do Triângulo

0
18
TI

O Faial já tem um Centro de Marcha e Corrida. O primeiro equipamento deste género no Triângulo foi inaugurado no Parque da Alagoa e tem porobjetivo promover a prática desportiva na ilha.

O Centro de Marcha e Corrida do Faial, o primeiro do género nas ilhas do Triângulo, foi inaugurado no passado sábado, dia 17 de Novembro, no Parque da Alagoa, num investimento do município de cerca de 40 mil euros.
A manhã começou com uma cerimónia protocolar, que marcou a abertura do espaço, que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal da Horta (CMH), José Leonardo Silva, do Vice-Presidente do Clube Independente de Atletismo Ilha Azul (CIAIA), Mário Leal, do Vice-presidente da Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) Luís Fernandes, do modelo Ricardo Guedes e do atleta paralímpico Jorge Pina.
Segundo José Leonardo Silva trata-se de “mais uma infraestrutura que o município proporciona aos cidadãos”, com vista a “promover a prática desportiva na ilha do Faial e a melhoria dos índices de saúde mental e física” no concelho.
O autarca considerou que a localização deste Centro, perto da praia da Conceição, junto à piscina e enquadrado no Parque da Alagoa, “com o seu ginásio ao ar livre e campo de jogos”, permite que este espaço se “torne num verdadeiro núcleo desportivo, propício à prática desportiva e à criação de uma mobilidade sustentável”, dirigido a todas as faixas etárias.
O presidente da autarquia explicou que “o surgimento deste espaço é uma consequência natural de outros projetos, de carácter intergeracional” levados a cabo pelo município, tais como a “fisioterapia, a nutrição e a hidroginástica nos centros de convívio”, a que se junta a introdução da atividade física nos ATL’s do concelho.
José Leonardo Silva, destacou ainda a parceria com o CIAIA, lembrando que este clube tem sido “responsável pela promoção da Horta, ao nível do trail”. Neste contexto, o edil acredita que “este Centro pode dar ainda outra dimensão a esta atividade e ser uma peça essencial para atrair à ilha do Faial grandes eventos desportivos, ao longo de todo o ano, em especial na época baixa”, de forma a dinamizar a economia local.
A concluir a sua intervenção o presidente do executivo camarário deixou também uma palavra de agradecimento à FPA, na medida em que, com a formalização deste Centro, ajudou “a transportar para este local, os conceitos, as dinâmicas e as regras de funcionamento de um espaço que quer pôr a mexer, que quer contribuir para uma vida mais ativa”, afirmou.
Na ocasião, Mário Leal, em representação do CIAIA enalteceu a visão que o Presidente da CMH teve quando numa reunião lhe apresentou a ideia de ocupar este espaço com um Centro de Marcha e Corrida.
O Vice-Presidente do CIAIA, no uso da palavra, adiantou que este centro de Marcha e Corrida é o resultado de uma parceria entre a CMH e o Clube de Atletismo Ilha Azul, cujo objetivo é “promover hábitos ativos de vida saudável dentro da população do concelho. Promover a prática regular de marcha/caminhada e de corrida com aconselhamento técnico adequado, com o objetivo de combater o sedentarismo, a obesidade e promover o aumento da qualidade de vida da população da ilha”.
Para Mário Leal, diretor de prova do Azores Trail Run e impulsionador da modalidade na ilha, “este equipamento vem na sequência de dar reposta, de forma acompanhada, à tendência consolidada de corrida na ilha”.
“Nós estamos numa ilha em que há muita atividade física, há muita corrida, muita caminhada, nós vemos a qualquer hora do dia, da noite e até de madrugada alguém a fazer atividade física no exterior”, observou Mário Leal.
De acordo com o representante do CIAIA, paralelamente à atividade física, este Centro pretende “dar a conhecer à população e a quem nos visita, quer em trabalho, quer em turismo, os percursos homologados existentes na ilha, ou seja, dar a conhecer onde é que as pessoas podem tirar partido da Ilha e da cidade para praticarem desporto”.
“Pretendemos mostrar às pessoas da própria Ilha, que temos percursos fantásticos que podem ser utilizados. Muitas vezes as pessoas locais desconhecem os nossos trilhos”, sustentou.
“Pretende-se que o Centro seja para as pessoas de cá, para quem nos visita e que contribua efetivamente para a melhoria da qualidade de vida e da saúde das pessoas da nossa ilha”, sustentou Mário Leal.
No seu uso da palavra o Vice-presidente da FPA, lembrou que o programa Nacional de Marcha e Corrida (PNMC) começou com um projeto que a Federação Portuguesa apresentou ao Instituto Português do Desporto e Juventude – IPDJ, “há cerca de 15 anos e que foi abraçado até aos dias de hoje”.
Neste contexto, Luís Fernandes saudou o poder central e os decisores por manterem ativo este programa. “Os governos vão mudando e este programa não, continua com uma forte implementação. Temos cerca de 65 centros de marcha e corrida espalhados pelo país que movem milhares de pessoas”, disse.
“Esta é uma parceria do IPDJ, com a FPA, as Associações Regionais e obviamente com os municípios, na medida em que é focado nas famílias e não tem, nem nunca terá um objetivo competitivo”, afirmou Luís Fernandes.
“Como sabem Portugal apesar de todas estas iniciativas em termos de união europeia, continua muitos quilómetros atrás daquilo que se faz noutros países. A nossa população não tem o hábito da prática desportiva. Portanto este programa tem essa valência”, sustentou.
O Vice-Presidente da FPA, também reforçou a ideia que este Centro é focado nas famílias, com a particularidade de permitir o acompanhamento técnico, com percursos adaptados à capacidades de cada um dos utilizadores.
Os Centros de Marcha e Corrida são equipamentos destinados todas as pessoas que desejem iniciar a atividade física através da caminhada, intensificar a atividade física passando gradualmente da caminhada para a corrida ou que já correm habitualmente, mas que desejam preparar-se para um objetivo concreto, que não seja a competição. São projetos desportivos de âmbito nacional que se inserem no PNMC, impulsionado pelo IPDJ e pela FPA. 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO