Direção Regional das Pescas assinala Dia Nacional do Mar com ação de segurança a bordo

0
14
DR

O Diretor Regional das Pescas salientou que, nos últimos três anos, foi realizado “um levantamento amplo dos principais acidentes a bordo de embarcações de pesca” no arquipélago, num trabalho que envolveu “todas as associações” do setor nos Açores para identificar os principais fatores de risco no trabalho no mar.

Luís Rodrigues falava sexta-feira, na ilha Terceira, durante uma ação de demonstração dos procedimentos que devem ser observados em situações de emergência no mar, no âmbito das comemorações do Dia Nacional do Mar, que envolveu cerca de 70 profissionais da pesca.

Esta iniciativa, que consistiu numa simulação realizada no Porto de Pescas de São Mateus da Calheta, insere-se na campanha ‘Pesca Segura’ e foi promovida pela Direção Regional das Pescas em parceria com a Capitania do Porto de Angra do Heroísmo.

O Diretor Regional afirmou que esta campanha de segurança e prevenção de acidentes a bordo pretende “contribuir para proteger e melhorar a qualidade de vida dos pescadores”, acrescentando que a Direção Regional das Pescas tem disponibilizado aos profissionais do setor um conjunto de manuais de interesse técnico e pedagógico na área da segurança.

“Em caso de acidente, uma intervenção só poderá ser eficaz se o pescador tiver consciência dos riscos, compreender as medidas de segurança e for capaz de executar os procedimentos de prevenção e emergência a bordo”, frisou Luís Rodrigues.

O Diretor Regional referiu que a capacitação dos ativos da pesca em todo o arquipélago é “uma prioridade” do Governo dos Açores, referindo que têm vindo a ser criadas “novas soluções formativas, de curta duração, que permitem desenvolver uma estratégia de reciclagem e de atualização de conhecimentos na área da pesca”.

Luís Rodrigues salientou ainda que a Direção Regional das Pescas investiu cerca de 200 mil euros em ações ligadas à capacitação e formação de pescadores, tendo beneficiado, no total, mais de 1.500 marítimos em todas as ilhas dos Açores.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO