É preciso reverter o esvaziamento da rota Lisboa-Horta

0
66
TI
TI

Os dados oficiais do Serviço Regional de Estatística demonstram que o incremento do número de passageiros desembarcados no Faial, de 2014 a 2018, nos voos oriundos do continente, foi de 15%. Na globalidade da Região Autónoma dos Açores, registou-se um aumento de 122%.
Estes números tornam claros os resultados da política de transportes aéreos operada pelo Governo Regional.
Nos últimos cinco anos – com a liberalização parcial do espaço aéreo e a entrada das companhias low cost em São Miguel e Terceira – a evolução global do número de passageiros desembarcados no aeroporto da Horta foi de 40,3%, o que representa o 2º pior resultado dos Açores. Mas esta evolução decorre sobretudo do aumento do número de passageiros nos voos inter-ilhas, em detrimento da rota Lisboa-Horta, que tem sido progressivamente desvalorizada pelo Governo e pela Sata.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO