Eleições legislativas – Governo do PS recuperou compromisso da República para aumentar a pista do aeroporto da Horta

0
70
João Castro Eleições Legislativas

Após uma visita ao Aeroporto da Horta, no âmbito das eleições de 6 de outubro, João Castro mostrou-se satisfeito com os “avanços” no processo de ampliação da pista desta infraestrutura aeroportuária. Segundo o candidato o Governo do Partido Socialista (PS)
conseguiu “recuperar” o  compromisso do Governo da República para este  investimento que foi bloqueado durante a governação de Passos Coelho.

“Recuperámos o compromisso do Governo da República para com este investimento, incluindo este objetivo em sede de Orçamento do Estado, e trabalhámos no sentido da inclusão desta obra no Plano Nacional de Investimentos, no âmbito da Estratégia para Portugal 2030”, afirmou João Castro, após uma visita, realizada no final da semana passada ao Aeroporto da Horta, no âmbito das eleições Legislativas de 6 de outubro.
O candidato do PS/Açores destacou os significativos avanços conseguidos pelo Governo do PS relativamente ao processo de ampliação da pista do aeroporto da Horta, que Passos Coelho tinha bloqueado durante o seu governo, destacando o facto do PS ter recuperado “o consenso”, dos Partidos com assento parlamentar na Assembleia da República, relativo a este processo.
“Recuperámos a posição sobre esta infraestrutura. Nunca se foi tão longe, mas estamos num percurso que importa manter, para dotar de melhores condições um equipamento que é fundamental para a mobilidade dos açorianos, para a mobilidade dos habitantes da ilha do Faial e para o princípio da continuidade territorial”, afirmou João Castro.


PS acaba com  discriminação dos  doentes açorianos
Ainda no âmbito das ações de campanha às eleições legislativas de 06 de outubro, o candidato do PS/Açores visitou o Hospital da Horta e reuniu com o Conselho de Administração da instituição.
Numa nota de imprensa a que o Tribuna teve acesso, o socialista avançou que esta visita permitiu “auscultar a administração do Hospital da Horta, quer sobre o atual funcionamento, quer sobre melhorias que podem, eventualmente, ser implementadas no sentido de tornar este Serviço, de grande complexidade, num sistema mais eficiente e mais adequado, que esteja ao serviço das populações”.
João Castro, realçou ainda que “foi com o Governo do PS que acabou a discriminação que existia no acesso dos açorianos aos cuidados de saúde prestados no continente, concretizando o princípio da reciprocidade e complementaridade entre o Serviço Nacional de Saúde e o Serviço Regional de Saúde”.
“Hoje, nós olhamos para o Serviço Nacional de Saúde e conseguimos que os utentes do Serviço Regional de Saúde não sejam discriminados e tenham um tratamento igual, da mesma forma que na Região podem ser tratados os doentes do Serviço Nacional”, acrescentou o deputado.
João Castro aproveitou a ocasião para constatar no terreno como está a funcionar esse princípio da reciprocidade “que obedeceu a passos muito significativos e a avanços muito significativos na sua implementação”.
“Este foi um princípio fundamental, foi algo conseguido no âmbito das relações entre a Autonomia Regional, ou seja, o Governo dos Açores, e o Governo da República”, destacou o candidato.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO