“Entre o carro de bois e o avião”, de Armando Mendes

0
48
TI
TI

Para nós, açorianos, a Geografia vale outro tanto como a História.

Vitorino Nemésio,
O corsário das ilhas
(Livraria Bertrand, 1956)

Os Açores são muito mais do que 9 ilhas, 19 concelhos e 155 freguesias. Este arquipélago não se esgota no seu anticiclone, e é muito mais do que a beleza das suas vulcânicas paisagens.
As ilhas açorianas continuam a ser valorizadas pela sua vocação atlântica e pela sua importância geoestratégica. E, bem vistas as coisas, é a geoestratégia que determinou, logo no século XV, o povoamento dos Açores. Estas ilhas eram necessárias ao poder central por três ordens de razões: para a produção de cereais; como base de apoio às escalas de retorno da América espanhola e das Índias; e como apoio logístico à navegação – escalas, escoltas, abrigos, refresco, hospital, reparações, etc.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO