Errar é humano, mas gerar consensos também o é

0
8
DR

A nossa ilha azul passou por mais um ato eleitoral autárquico que criou um panorama político diversificado. Temos novas caras, novas ideologias, novos programas eleitorais. Temos tudo para nos próximos 4 anos com debate e sem guerrilhas partidárias tornar a Horta na terceira cidade mais desenvolvida dos Açores.
Temos que evoluir pensando no bem-estar das PESSOAS-ANIMAIS-NATUREZA e sonho que um dia possamos ter uma ilha sustentável.
Ao longo da campanha eleitoral os partidos mais votados acima do PAN foram-se colando ao nosso programa eleitoral, ainda bem que o fizeram, agora vamos observar e puxar para que esta colagem se mantenha.
Como já referi neste espaço de opinião, esta não foi uma campanha eleitoral fácil e também referi nas redes sociais que, violência gera violência e é deste modo que peço a todas aquelas pessoas que utilizaram ataques pessoais vejam que talvez por isso não atingiram o objetivo desejado.
Ao diretor deste jornal agora peço-lhe isenção. O partido PESSOAS-ANIMAIS-NATUREZA da ilha do Faial foi o primeiro partido a apresentar a lista completa à Câmara Municipal da Horta e a base do seu programa eleitoral. Na capa deste semanário nunca apareceu uma fotografia nossa e, perante a lei eleitoral, sabe que precisa agir com igualdade.
No seu editorial sobre a torre do relógio, recebeu o comunicado de imprensa sobre a posição do PAN e mesmo assim ocultou a nossa posição, o que resultou numa distorção da realidade. Desculpe mas assim não pode ser.
Acredito que deve acreditar que errar é humano, mas errar repetidamente? Talvez o melhor é deixar de acreditar e sim executar as responsabilidades a que se propôs.
Agora a todos, se queremos acreditar na isenção, em terminar com os favores, os sacos de cimento, se acreditamos nas entidades públicas e privadas isentas dos ideais político-partidários então eu também acredito e que se trabalhe para isso não ficando apenas no discurso.
Obrigado a todas as pessoas que confiaram o seu voto no partido PESSOAS-ANIMAIS-NATUREZA, esta equipa vai continuar a trabalhar arduamente para que as 55 medidas do nosso programa eleitoral sejam concretizadas.
À Teresa Ribeiro dou-lhe os meus parabéns publicamente pela vitória alcançada que julgo que veio do bom trabalho que fez no mandato anterior e o PAN cá estará para a ajudar numa melhor abertura daquele órgão à nossa sociedade, ao José Leonardo também felicito a sua vitória e peço-lhe que neste momento tem todas as condições para exigir ao governo regional a resolução de muitos dossiês que estão na gaveta e o PAN cá estará para o ajudar nesse sentido.
A todos os novos presidentes de Junta de Freguesia que se cheguem para o PAN, vamos experimentar, vamos trabalhar para que juntos consigamos terminar com os herbicidas químicos e o lixo nas nossas costas marítimas.
Neste atual mandato autárquico temos dois caminhos a seguir, o primeiro, o mais difícil, encontrar consensos entre todos os partidos e aos poucos e poucos tornar a ilha do Faial numa ilha sustentável e bem-estar para todos os seres vivos.
Outro caminho, o mais fácil, será continuar nas guerrilhas partidárias na esperança de ganhar o poder daqui a quatro anos mas como consequência vamos manter o Faial tal como está.
A todos os representantes do povo este é o momento de parar e pensar e seguir um rumo político para o bem de todos. Errar é humano, mas gerar consensos também o é.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO