Francisco César defende agenda conjuntural e agenda estrutural

0
8

O deputado socialista Francisco César fez uma intervenção na tarde de terça-feira sobre as políticas de crescimento económico, competitividade e apoio às empresas onde defendeu a concretização de duas agendas de política económica: uma agenda conjuntural e outra estrutural. 

De acordo com César, estas agendas são o meio para conseguir atingir uma sustentabilidade da economia açoriana, o que “num cenário macroeconómico muito restritivo”, serão a única forma de “minorar e atenuar os efeitos destas políticas externas na economia açoriana”. 

Francisco César considera que uma agenda conjuntural deve assegurar que mecanismos essenciais para o funcionamento da economia açoriana, como o consumo interno e o crédito bancário não sejam paralisados pelos efeitos da crise na banca, no emprego e no rendimento.”

Uma agenda estrutural, por sua vez, deve ter como objetivo a reorganização do sector produtivo e de serviços tendo em vista uma melhoria da balança comercial. 

O deputado do PS defende ainda quatro permissas para fomentar o crescimento económico da região: diminuição do custo das importações; substituição de importações sem proteccionismo; aumento do valor da nossa produção transacionável e o suporte do actual tecido produtivo regional durante o período de ajustamento estrutural.