Governo alarga gasóleo colorido às viaturas utilizadas na pesca

0
24
DR

As viaturas utilizadas nas pescas vão passar a estar abrangidas pelo diploma que estabelece o Sistema de Fiscalização e Controlo do Abastecimento do Gasóleo à Agricultura e à Pesca nos Açores.

O anúncio foi feito pelo Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia no final de uma audição na Comissão de Economia da Assembleia Legislativa sobre a alteração deste diploma, adiantando que para tal será necessário “elaborar o diploma e proceder a uma discussão prévia com o setor”, para que “ainda durante este ano seja possível pôr em prática esta medida”.

Para Gui Menezes “o alargamento do gasóleo colorido ou marcado aos veículos ligados à atividade da pesca permite aos armadores a diminuição de custos operacionais”.

O governante acrescentou ainda que com esta medida “os armadores e pescadores vão ter benefícios em termos de rendimento”.

 “Esta medida deverá beneficiar diretamente 175 armadores e, indiretamente, 1.750 pescadores”, adiantou Gui Menezes.

Segundo o titular da pasta, “os custos operacionais, como a aquisição de gasóleo, são, normalmente, tirados do ‘monte’, ou seja, dos rendimentos obtidos com a venda do pescado”, salientando que a redução dos custos operacionais permite aumentar o montante disponível para ser distribuído por todos os pescadores da embarcação.

O gasóleo rodoviário custa 1,18 euros por litro enquanto o gasóleo colorido ou marcado para a pesca custa 48 cêntimos, o que significa que, com esta medida, os armadores irão poupar cerca de 70 cêntimos por litro no abastecimento das carrinhas utilizadas na atividade da pesca.

De acordo com o governante “podem beneficiar desta medida, à semelhança do que já acontece para o setor agrícola, veículos destinados ao apoio da atividade da pesca, nomeadamente ao transporte de tripulações e equipamentos de pesca entre portos, lotas, postos de recolha e casas de aprestos.

O sistema de fiscalização e controlo do abastecimento de gasóleo à agricultura e à pesca dos Açores foi criado em 2014, tendo o gasóleo colorido ou marcado sido implementado na Região em 2015.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO