Governo dos Açores está a implementar as medidas certas para combater o impacto da Covid-19 na Região

0
60

Na sequência da audição da Secretária Regional da Saúde na Comissão de Assuntos Sociais sobre o combate à Covid-19, Domingos Cunha, Deputado do PS-Açores, realçou o trabalho desenvolvido, e constantemente atualizado, pelo Governo Regional e exigiu “bom-senso” a alguns partidos da oposição, nomeadamente aos que não têm “cuidado” na forma como transmitem a informação e podem, assim, contribuir para “negligenciar” as medidas de proteção.

“O Governo dos Açores desde o primeiro momento que acompanha todo este processo grave de saúde pública, tomando todas as medidas que eram e são recomendadas face aquilo que são os conhecimentos científicos atualizados à data e que vão sendo progressivamente atualizados”, começou por afirmar o Deputado do Grupo Parlamentar do PS/Açores.

Domingos Cunha reconheceu “o esforço e o sentido de responsabilidade de todos os partidos para encontrar soluções”, mas exigiu “cuidado” e “bom senso” a alguns partidos da oposição, nomeadamente no que diz respeito à utilização das máscaras por parte da população. O deputado do PS/Açores considera que a utilização de máscaras pela população em geral “é uma questão técnica, é uma questão que o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças e Organização Mundial de Saúde muito melhor do que todos nós sabem quais são as orientações que devem dar”.

O deputado do PS/Açores confrontou o PSD em relação às contradições relativas ao uso das máscaras, já que há deputados do PSD que defendem o uso generalizado por parte da população ao mesmo tempo que José Manuel Bolieiro admitia que era importante disponibilizar máscaras, mas “esclarecer como, onde e quando as usar”.

Domingos Cunha insistiu, por isso, na necessidade de se transmitir para a opinião pública informação correta: “Nós temos que ter muito cuidado e muito bom-senso na transmissão de qualquer mensagem que possamos passar para a opinião pública (…) porque não podemos dar a ideia de que as máscaras vão salvar este problema. Nós não podemos negligenciar as medidas e as recomendações que estão impostas a nível europeu: o afastamento social e a higienização das mãos – as máscaras protegem o outro, mas não nos protegem a nós”.

Em nome do GPPS/Açores, o parlamentar manifestou “profundo pesar” e expressou “toda a solidariedade” às famílias dos 11 Açorianos que faleceram” e congratulou-se “pelo elevado sentido cívico de toda a população Açoriana que, face a esta pandemia, se tem comportado da forma correta e tem contribuído e muito para que possamos de algum modo minimizar o impacto desta grave situação de saúde pública”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO