Governo dos Açores lança aplicação móvel que permite aos Utentes aceder a dados clínicos

0
12

A plataforma “+SRS” é uma aplicação para telemóvel que coloca o utente no centro do Serviço Regional de Saúde, ou seja, permite que este aceda a toda a sua informação clínica, assim como, entrar em contacto com o médico de família. O “+SRS” foi apresentado na passada semana em Angra do Heroísmo pelo secretário regional da Saúde, que segundo informação do Gabinete de Apoio à Comunicação Social (GACs) considerou o seu lançamento como “momento histórico” para os Açores e para os Açorianos. De acordo com o GACs, Luís Cabral frisou que a medida visa “centralizar no utente os cuidados que são prestados pelo Serviço Regional de Saúde”, salientando que “a prestação de cuidados de saúde tem sido mais vista pelo lado dos profissionais e daquilo que são as necessidades do próprio sistema do que propriamente naquela que é a visão que o utente tem sobre as suas necessidades, pelo que era fundamental encontrar um meio de dar a volta a esta visão e centrarmos os cuidados na perspetiva que o utente tem da sua própria saúde”. Para Cabral, com o lançamento desta aplicação inovadora, o Governo dos Açores pretende que “o utente tenha sempre consigo os dados mais importantes do seu processo clínico, tenha apoio no seguimento do plano terapêutico instituído e usufrua de um novo canal de comunicação com os profissionais de saúde, reforçando a sua posição central no processo de prestação de cuidados de saúde”, revela a mesma fonte. “Com esta iniciativa, os Açores tornam-se na primeira região do país a ter um sistema integrado de saúde que aproxima médicos e utentes, ao mesmo tempo que capacita ambas as partes ao fornecer informações relevantes e reais”, lê-se. A ‘+SRS’ disponibiliza ao utente informação relevante sobre o seu processo clínico, como sejam as patologias, alergias, terapêuticas, resultados das análises, biometrias, entre outros. Além disso, estabelece um novo canal de comunicação, através de mensagens, que utentes e profissionais podem trocar entre si, de forma segura e integrada com o processo clínico e possui a funcionalidade de lembretes, para que o utente não se esqueça de tomar os medicamentos, o que também vai permitir ao médico, pela primeira vez, ter a noção do nível de adesão do doente a cada tratamento. Esta aplicação é gratuita para smartphones e já se encontra disponível nas ‘app stores’ para iPhone ou Android.