Graciosa – Vereadores do PSD questionam retirada de 320 mil euros de obras estruturantes

0
24
DR

Os vereadores do PSD na Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, António Reis e Cláudia Cunha, mostraram hoje a sua preocupação com a modificação ao orçamento e grandes opções do plano 2019 da autarquia.

Em causa está a diminuição de verbas previstas para duas obras, no caso a colocação do piso sintético no campo de futebol de Santa Cruz e a beneficiação da Estrada Velha do Quitadouro, com valores de 120 mil e 200 mil euros, respetivamente, “para reforçar a rubrica de aquisição de terrenos, na mesma proporção, no caso para a aquisição do prédio contiguo aos Paços do Concelho, onde funcionou a empresa Ilha Branca” adiantam.

Os vereadores do PSD explicam que votaram favoravelmente essa aquisição, “mesmo considerando que o prédio estará sobrevalorizado, mas partindo do princípio de que a mesma não colocaria em causa obras prioritárias como as que referimos”.

E que só ontem – quinta-feira – tiveram conhecimento do enquadramento financeiro da aquisição, sendo que “não é a compra que nos incomoda, mas sim a retirada de verbas de duas obras importantes para a nossa terra, destinando-as a essa mesma aquisição”, avançam António Reis e Cláudia Cunha.

O contrato promessa apresentado pela Câmara Municipal de Santa Cruz, para a aquisição do referido edifício, prevê a realização de uma despesa total de 335 mil 450 euros.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO