Grupo Parlamentar do CDS-PP Açores propõe constituição de grupo de trabalho para acompanhar reparação dos danos causados pelo Furacão Lorenzo

0
2
DR

Considerando que a passagem do Furacão Lorenzo pelos Açores, no passado dia 2 de outubro, deixou um rasto de destruição em várias ilhas, causando prejuízos calculados em pelo menos 330 milhões de euros em infraestruturas portuárias e de apoio à atividade portuária, na rede viária e outros equipamentos públicos, na habitação, nas pescas, na agricultura e no setor empresarial privado.

Atendendo a que a ilha das Flores foi a que sofreu com maior gravidade os efeitos da passagem do furacão, dada a destruição quase total do Porto das Lajes – com prejuízos estimados em 190 milhões de euros – provocando grandes constrangimentos ao nível do abastecimento de bens e mercadorias às ilhas das Flores e do Corvo.

O Grupo Parlamentar do CDS-PP Açores apresentou, esta sexta-feira, um projeto de resolução que visa a constituição de um grupo de trabalho para avaliação e acompanhamento do processo de reabilitação de infraestruturas danificadas pela passagem do furacão Lorenzo, bem como o acompanhamento do processo de abastecimento de bens e mercadorias às ilhas do grupo ocidental.

Para o Grupo Parlamentar do CDS Açores, sem prejuízo da eficaz atuação do Governo Regional, da Proteção Civil e do Governo da República, nomeadamente no cumprimento com prontidão do seu dever de solidariedade, importa agora acompanhar a implementação das respostas da Administração Pública Regional às necessidades das populações, das empresas e do esforço de reconstrução.

Nesse sentido, o CDS Açores considera fundamental a constituição, no quadro da Comissão
Permanente de Economia da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, de um grupo de trabalho que acompanhe e disponibilize, em sede parlamentar, a devida informação sobre implementação das medidas previstas no processo de ajuda e reconstrução às ilhas e populações afetadas.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO