Ilha Azul na estrada a 14 e 15 de junho

0
12

A 24.ª edição do Rali Ilha Azul/Além Mar 2013 vai agitar o Faial nos dias 13, 14 e 15 de junho. A apresentação da principal prova de desportos motorizados da ilha decorreu esta tarde, na sede do Clube Automóvel do Faial (CAF).

Estão inscritas nesta edição do rali 34 viaturas, o que representa uma quebra em relação à edição de 2012, que contou com 44 inscritos. Estarão representadas seis das nove ilhas dos Açores, ficando de foram apenas Flores, Corvo e São Jorge. Quanto ao Faial, são 15 os pilotos inscritos.

Como já é habitual, na prova participam os melhores pilotos açorianos, com destaque para Ricardo Moura, campeão nacional de ralis e vencedor da 23.ª edição do Ilha Azul. Esta é, de resto, uma prova que pontua para o Campeonato Regional de Ralis e para a Taça de Ralis do Canal.

Para o presidente do CAF, este será um rali “bastante competitivo”, o que se pode antever pela participação de 14 viaturas com quatro rodas motrizes. Bento Leonardo destacou o empenho da Direção e da Comissão Desportiva do CAF na organização desta prova, principalmente num cenário de contenção de custos como o que hoje se vive.

O responsável destacou também os apoios para este rali, que vêm do Governo dos Açores, da Câmara Municipal da Horta, da Fábrica de Tabaco Estrela (principal patrocinador) e da Associação de Clubes Automóveis dos Açores, esta última funcionando como ele de ligação entre os clubes, o que permite criar importantes parcerias. Bento Leonardo agradeceu ainda às várias empresas regionais e locais que contribuíram para pôr de pé este evento.

Mário Jorge Silva congratulou-se com o número de participantes que, apesar de ter diminuído em relação aos anos transatos, é bastante elevado quando comparado a outras provas realizadas na Região. Para o diretor da prova, trata-se de um sinal do apreço que os pilotos têm pela prova, o que é “motivo de orgulho” para o CAF.

Quanto ao figurino do Ilha Azul, a máxima “em equipa que ganha não se mexe” faz valer a sua força e a prova não sofre alterações em relação aos últimos anos. Na quinta-feira (dia 13), a partir das 20h00, as viaturas estarão no Largo Duque D’Ávila e Bolama para apresentação das equipas. Na sexta-feira, o destaque vai para aquela que é a prova espetáculo desta competição: a super especial, a partir das 19h00, na Praia do Almoxarife. No sábado os pilotos enfrentam os quatro troços do rali que, garante Mário Silva, estão em “excelentes condições” e prometem reforçar as razões pelas quais são considerados por muitos “os melhores troços de terra do país”.

Mário Silva reforçou as palavras do presidente do CAF quanto ao empenho de toda a equipa para garantir a realização do Ilha Azul com a dignidade a que o evento habituou o público, apesar dos cortes nos apoios. “O CAF não é subsídio-dependente. Temos feito um esforço para angariar fundos próprios para compensar os cortes”, explicou.  

 

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO