INVESTIMENTO DE 8 MILHÕES NA BAÍA DA BARRA “TEM QUE TER UTILIDADE”

0
23
blank
DR

O deputado do PSD/Açores João Bruto da Costa afirmou hoje que o investimento de cerca de oito milhões de euros na obra da Baía da Barra “tem que ter utilidade” para a população, tendo reafirmado a necessidade de dotar o local de condições para a náutica de recreio.

“Um investimento de oito milhões de euros tem que ter utilidade e criar condições para a náutica de recreio na Baía da Barra, na ilha Graciosa. Não faz sentido que os investimentos públicos não sejam úteis para a população”, disse o social-democrata, à margem da Comissão Parlamentar de Economia.

O parlamentar falava após a apresentação do projeto de resolução do PSD/Açores que propõe ao Governo Regional a criação de condições para a utilização da Baía da Barra, na ilha Graciosa, no âmbito da náutica de recreio.

“Esta proposta do PSD visa dar sequência a um avultado investimento feito na ilha Graciosa, garantindo uma boa utilização dos dinheiros públicos e a concretização de um projeto prometido aos graciosenses há mais de uma década”, sublinhou.

João Bruto da Costa explicou que os social-democratas pretendem que o Governo Regional “desenvolva as medidas e iniciativas necessárias para concretizar a utilização da zona da Barra, nomeadamente a sua baía, pelas entidades, empresas ou indivíduos que têm atividade no âmbito da náutica de recreio, através da instalação dos equipamentos e infraestruturas necessários para esse fim”.

Recorde-se que a obra referente à estabilização da zona costeira da Barra, em Santa Cruz da Graciosa, está em fase final de execução.

O projeto de resolução do PSD/Açores mereceu o parecer positivo do presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, ouvido pelos deputados que integram a Comissão Parlamentar de Economia da Assembleia Legislativa.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO