Lembranças natalícias

0
41
DR/TI
DR/TI

É véspera de Natal e estou tranquilamente sentado na banqueta de pedra da velha casa onde nasci. Pesa em mim o silêncio da manhã e paira no ar um vago aroma a sargaço.
O meu olhar surpreende a luminosidade suave desta vila graciosamente emoldurada pelo azul intenso do mar. E é tudo subitamente tão belo ante meus olhos enternecidos.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO