Mares Circulares organizam jornadas educativas sobre lixo marinho nos Açores

0
44

Programa Mares Circulares organiza as Jornadas Educativas sobre lixo marinho e áreas protegidas na Região Autónoma dos Açores, nos próximos dias 12 e 13 de junho. As actividades incluem uma limpeza de praia e formação ministrada pela Expolab e pela associação não governamental Chelonia, parceiras deste projecto da responsabilidade da Coca-Cola European Partners que conta ainda com o apoio do Caloura Hotel Resort.

Limpeza de praia na Ponta da Galera
12 de junho
14h30-16h00

Jornadas Educativas sobre lixo marinha e áreas marinhas protegidas (ver programa da formação em anexo)
13 de junho
10h00 – 13h15
Expolab – Centro de Ciência Viva
Lagoa
São Miguel

Inscrições para ambas as actividades podem ser feitas na Expolab, através do e-mail geral@expolab.pt

Mares Circulares é uma iniciativa inserida no programa de Responsabilidade Social e Corporativa “Avançamos”, estratégia de sustentabilidade que a Coca-Cola European Partners tem em curso até 2025 com claros objetivos e metas de desenvolvimento sustentável, para os seus produtos, embalagens, cadeia de valor e ambiente.
A iniciativa começou no ano passado com a limpeza de seis praias portuguesas, actividades de sensibilização na reserva marinha da Caloura e do Porto da Horta nos Açores, contando com mais de 600 voluntários e mais de 2000 pessoas formadas e sensibilizadas na problemática de lixo marinho. Contou com a parceria de ONG’s como a Chelonia e a Ecomar, e a colaboração de instituições, associações locais, autarquias, clubes de vela, e outras ONGs e fundações.
É um projecto global que pretende contribuir para uma mudança de mentalidade que permita criar soluções ambientalmente sustentáveis para o problema do lixo marinho, numa sociedade constituída por cidadãos mais informados e responsáveis na perspectiva de circularidade.

O ano passado, no âmbito da primeira acção do projecto Mares Circulares nos Açores, quarenta voluntários recolheram hoje 96 kg de resíduos na Praia Baixa d´Areia (Caloura), na Ilha de São Miguel.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO