Moinho do Juncal das Lajes do Pico será recuperado

0
22
blank

O protocolo de cooperação logística e de gestão do Moinho do Juncal entre a
Secretaria Regional do Ambiente e Alterações Climáticas e a Câmara Municipal das
Lajes do Pico realizou-se ontem, dia 7 de abril, no Auditório Municipal das Lajes do
Pico.

A Presidente da Autarquia Lajense, Ana Brum, acompanhada pelo Presidente da Junta
de Freguesia das Lajes, Emídio Melo, recebeu o Secretário Regional do Ambiente e
Alterações Climáticas, Alonso Miguel, numa pequena cerimónia que assinalou o
protocolo de cooperação logística e de gestão do Moinho do Juncal entre esta
Secretaria e a Câmara Municipal, nomeadamente a abertura e encerramento do
mesmo, de modo a promovermos os passeios ao Moinho, visitas turísticas e
Observação de Aves, uma vez que se encontra localizado na Área Protegida para
Gestão de Habitats ou Espécies das Lajes do Pico, integrada no Parque Natural da Ilha
do Pico, e reconvertido a Posto de Observação de Aves Selvagens.

A recuperação deste Moinho enquadra-se no investimento realizado pelo Governo
Regional dos Açores, no âmbito da criação do Circuito Interpretativo da Plataforma
Costeira das Lajes do Pico, orçado em cerca de 150 mil euros.

Durante a sua intervenção, Ana Brum contou um pouco da história do Moinho: a sua
origem, construção, principais funções e o porquê de ter deixado de funcionar.
Destacou que o Juncal, enquanto Área Protegida para Gestão de Habitats ou Espécies,
“valoriza o nosso concelho e reforça a oferta da região no turismo sustentável e na
preservação dos ecossistemas naturais” e que esta cooperação entre o Poder Regional
e o Poder Local “é um pilar fundamental para a coesão regional e para o
desenvolvimento económico e social de cada um dos concelhos”, reforçando que as
Lajes do Pico “será sempre um parceiro disponível e proativo em prol do
estabelecimento de parcerias que visem a melhoria da qualidade de vida da nossa
comunidade”.

Alonso Miguel evidenciou que o Moinho “é um local único, um destino de visitação
cada vez mais procurado, alvo de uma pressão turística significativa” e que este
protocolo assinado entre a Secretaria Regional e a Câmara Municipal “marca, de fato,
toda a cooperação e toda a colaboração necessária que existe entre o Governo
Regional e o Poder Local para podermos preservar, mas também exponenciar este
património histórico, cultural e natural.” Considera, ainda, que a recuperação deste
moinho será mais um motivo de distinção valorização do Município das Lajes.

No final, dirigiram-se ao passadiço do Moinho, onde o Secretário Regional e a Edil
Lajense procederam ao descerramento da placa de inauguração do Moinho do Juncal
como Circuito Interpretativo da Plataforma Costeira das Lajes do Pico.