Orçamento aprovado com medidas a favor dos Açores e “incómodo” do Partido Socialista

0
14
DR
DR

O líder parlamentar do PSD/Açores destacou hoje que a aprovação do Plano e Orçamento para 2021 assegura um conjunto de “medidas a favor dos açorianos” e lamentou o “incómodo” do Partido Socialista com propostas que beneficiam as famílias e as empresas.

“Este Orçamento baixa os impostos às famílias e empresas açorianas, apesar do incómodo daqueles que queriam continuar a sobrecarregar a classe média e as pequenas e médias empresas. Este Orçamento baixa o preço das passagens aéreas inter-ilhas para um máximo de 60 euros, apesar do embaraço dos que sempre levantaram dúvidas sobre esta medida”, afirmou Pedro do Nascimento Cabral, na Assembleia Legislativa dos Açores, após a aprovação das propostas de Plano e Orçamento para 2021.

O líder da bancada social-democrata salientou que o Plano e Orçamento da Região para 2021, da responsabilidade do Governo de coligação PSD/CDS-PP/PPM, vai aplicar um “conjunto vasto boas propostas para os Açores”.

“Este Orçamento tem um aumento sem precedentes do complemento regional de pensão, também conhecido por ‘cheque pequenino’, que ajudará os idosos que menos têm, apesar do incómodo daqueles que sempre foram indiferentes aos elevados índices de pobreza dos Açores”, sublinhou.

Para Pedro do Nascimento Cabral, “o Orçamento para 2021 contém estas e muitas outras medidas a favor dos açorianos, apesar do incómodo e embaraço do Partido Socialista, que tudo fez para combater estas boas propostas”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO