Presidente Luís Garcia apela à “responsabilidade individual” para “exercer em pleno a liberdade de abril”

0
11
DR
DR

O Presidente da Assembleia Legislativa dos Açores, Luís Garcia, apelou hoje, em Lisboa, ao
“sentido de responsabilidade individual” de cada cidadão, para que seja possível “exercer em pleno a liberdade de abril”.

“Só o seu exercício com responsabilidade pode ajudar a construir uma Democracia saudável e solidária, em que todos são chamados a participar de forma empenhada na vida coletiva” do seu País ou Região, afirmou o Presidente Luís Garcia, no final da sessão solene do 25 de abril, que teve lugar esta manhã na Assembleia da República.

O Presidente da Assembleia Legislativa dos Açores destacou a importância de não baixar os
braços, lembrando que “nunca foram fáceis os caminhos da Democracia livre” e convocando todos os cidadãos a dar o seu contributo. “A situação de pandemia em que vivemos recorda-nos todos os dias a importância da liberdade e o papel fundamental que cada um de nós tem na

sua construção em cada tempo”, disse.

“Se outros, há 47 anos, foram chamados a colocar um fim à ditadura e a instituir a liberdade, hoje, neste tempo singular e atípico, cada um de nós é igualmente convocado a dar um contributo responsável e cívico para que, o mais breve possível, possamos ser todos mais livres”, sublinhou o Presidente Luís Garcia, no final da sessão, que este ano se realizou com um número de convidados bastante reduzido, na sequência da crise sanitária em que o País vive.

Além da sessão solene comemorativa dos 47 anos do 25 de abril de 1974, constam ainda da agenda do Presidente da Assembleia Legislativa dos Açores em Lisboa duas audiências de apresentação de cumprimentos, a primeira ao Presidente da República, segunda-feira de manhã, e a segunda ao Presidente da Assembleia da República, segunda-feira ao final da tarde.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO