Ordem dos Enfermeiros inicia visita a todas as Instituições de saúde dos Açores

0
13

Por: Ordem dos Enfermeiros – Secção Regional dos Açores

A Secção RegionalOrdem dos Enfermeiros – Secção Regional dos Açores da Ordem dos Enfermeiros iniciou uma visita a todos os Hospitais e
Unidades de Saúde Ilha da Região, colocando assim em prática um dos pontos fundamentais deste mandato, a presença da Ordem dos Enfermeiros junto dos Enfermeiros, junto das Instituições e dos Açorianos.
Com o mote “Ordem no terreno”, o Conselho Diretivo representado neste caso pelo Enf.
Fernando Felgueiras e Enf. Pedro Soares, inicia um exaustivo programa de trabalho junto
dos Enfermeiros e da população na Ilha de São Jorge nos dias 17 e 18 deste mês, com visitas de trabalho ao Centro de Saúde das Velas e da Calheta.
À saída do Centro de Saúde das Velas, Pedro Soares, Presidente do Conselho Diretivo da
Ordem dos Enfermeiros, mostrou-se muito satisfeito pelo encontro com os Enfermeiros e pela oportunidade, “hoje saio daqui com a certeza de que as Velas, São Jorge, possuem
enfermeiros com um profissionalismo exemplar, principalmente tendo em conta as condições físicas em que se encontram as Instalações onde exercem, assim como a tremenda falta de recursos humanos e necessidade imediata de revisão do parque de equipamentos colocados à disposição destes profissionais.”
Foi possível observar in loco a necessidade imediata de contratação de enfermeiros no
sentido de ser colmatada a falta destes profissionais, “quando temos equipas que em tempos ditos normais já estão nos mínimos dos mínimos, quando acontecem atestados, férias e outras situações, que acontecem, torna-se muito difícil para quem está no terreno. Pela segurança da população Jorgense e dos próprios enfermeiros, não posso aceitar que seja prática corrente submeter os Enfermeiros a turnos de 12 horas, e sem correção à vista, não aceito que continuem a haver turnos onde apenas há 1 Enf. disponível num serviço, não é possível pensarmos em qualidade desta forma.” Afirmou Pedro Soares.
Sobre as condições físicas em que se encontra o Centro de Saúde das Velas, para o
Presidente da Secção Regional, “é claro que houve uma tentativa de remendo das Instalações para um relativo melhoramento, mas é uma tentativa que está parada. Eu tenho dificuldade em perceber como é possível ter-se deixado chegar a este ponto, em pleno século vinte. Eu tenho a certeza que a tutela, assim como nós, defende que os Jorgenses têm o mesmo direito que qualquer outro Açoriano em usufruírem de um Sistema Regional de Saúde de qualidade, eficaz e eficiente, e por isso quero acreditar que algo estará a ser feito no imediato para corrigir o que aqui observámos.”
Sobre o Centro de Saúde da Calheta, foi possível perceber que as obras realizadas
permitiram melhorar a toda a escala o atendimento à população do concelho, e que há um
enorme esforço dos Enfermeiros por prestarem cuidados de saúde com qualidade, tendo em conta as dificuldades inerentes que existem nas ilhas ditas pequenas. A visita da OE
prossegue durante esta sexta-feira, estando ainda programado uma reunião com a Direção
de Enfermagem da Unidade de Saúde da Ilha de São Jorge para um delinear de estratégias
comuns de atuação.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO