PAN/Açores quer criar a Polícia Regional Açoriana já em 2021

0
22

A falta de segurança que se faz sentir na maioria  do arquipélago deve-se unicamente à perda da quantidade de efectivos da PSP e da GNR ano após ano, sendo o próprio Sindicato Nacional da Polícia (SINAPOL) nos Açores, que contabiliza a perda de mais de duas centenas de polícias, alertar para esta actual situação, da falta de efectivo policial e da falta de resposta governamental.

Denota-se por parte do Governo Regional uma dependência e condescendência para com as decisões do Ministério de Administração Interna, perdendo desta forma a quantidade de efectivos da PSP e da GNR necessários para robustecer a segurança dos cidadãos açorianos

“O silêncio do Governo Regional perante a inobservância da República chegou a proporções completamente desalinhadas para a urgência deste problema que nos afecta a todos.” Afirma o Porta-Voz do PAN/Açores, Pedro Neves.

A par da valorização urgente dos profissionais da PSP e GNR que o PAN apoia de forma célere, o partido pretende também colmatar a insuficiência de efectivos na região, criando uma Polícia Regional Açoriana para reforçar, em articulação com a PSP, o policiamento de proximidade, para defesa das nossas comunidades. A Polícia Regional Açoriana, terá autoridade administrativa, decidido apenas na Assembleia Regional sem necessidade de alterar a constituição portuguesa  e terá como funções a de vigilância e de fiscalização, com efeito de dissuasão criminal.

Para o PAN/Açores, a defesa é um dos 4 pilares fundamentais que dão um reforço autonómico duradouro aos Açores, a par do Mar, Independência Energética e da Soberania Alimentar.

Finaliza Pedro Neves, que, “ao criar a Polícia Regional Açoriana, irá dar aos Açores o poder autonómico na defesa para dar novamente às pessoas a segurança que estas precisam”.

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO