Partido Socialista insiste em “crítica permanente” às autoridades de saúde regionais

0
47
DR/PSD
DR/PSD

O grupo parlamentar do PSD/Açores lamentou hoje que o Partido Socialista insista na “crítica permanente” às autoridades de saúde regionais, o que revela que o maior partido da oposição “perdeu o sentido de responsabilidade” que o combate à pandemia exige.

“Em menos de 24 horas, o PS engendrou um boato sobre a existência de casos num lar, manipulou dados sobre os testes realizados à COVID-19 para acusar as autoridades de saúde de testarem menos – pelo contrário, nunca se testou tanto na Região como agora – e fez uma leitura distorcida das contas de um hospital para dizer que deu lucro – como se o aumento do passivo em 10 milhões de euros fosse um bom resultado”, afirmaram os social-democratas.

Segundo a bancada do PSD/Açores, “o Partido Socialista está apostado na crítica permanente às autoridades de saúde regionais, desmerecendo o trabalho e espírito de sacrifício dos profissionais de saúde só para atacar o Governo”.

“Em vez de apresentarem propostas que ajudem a superar este período difícil resultante da pandemia, os deputados do PS perderam o sentido de responsabilidade que o momento exige. Em vez de colaborar, o Partido Socialista só quer puxar os Açores para baixo”, disseram os social-democratas.

Os deputados do PSD/Açores lembraram que, no início da pandemia, o anterior governo socialista “recebeu total cooperação das restantes forças políticas – em particular das que suportam o novo Governo Regional”.

“Enquanto líder da oposição, o atual Presidente do Governo Regional, José Manuel Bolieiro, apresentou propostas que se revelaram fundamentais no combate à pandemia, como a realização de testes antes do embarque aos passageiros vindos do exterior ou a aquisição em massa de máscaras para distribuir pela população. Exige-se ao Partido Socialista que tenha a mesma postura responsável e construtiva”, concluíram os deputados do PSD/Açores.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO