Política e COVID

0
29
TI
TI

1 Não sou especialista em saúde pública e, por isso, não tenho que opinar sobre as medidas que têm vindo a ser tomadas pelas autoridades sanitárias e governos sobre a melhor forma de combater ou minorar os efeitos da atual pandemia que nos afeta.
Mas há coisas que todos nós somos capazes de entender porque são racionais ou, inversamente, são dificilmente compreensíveis pela sua irracionalidade. Um conhecido fez-me chegar há dias um raciocínio que se enquadra naquelas situações aparentemente irracionais que persistem sem se compreender bem as razões. Dizia-me ele que para se entrar nos Açores e na Madeira qualquer passageiro tem de apresentar teste negativo à COVID-19 ou realizá-lo à chegada, só podendo circular livremente após confirmação de resultado negativo.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO