PS/Açores condena PSD por continuar a usar a Escola do Mar como arma de arremesso político e apela a que todos contribuam para defender o interesse regional

0
50
DR
DR

A deputada do Grupo Parlamentar do PS/Açores, Ana Luísa Luís, lamentou, a postura do Grupo Parlamentar do PSD, que insiste em usar a Escola do Mar para fins partidários ao invés de pugnar pela defesa do interesse coletivo que este projeto representa.

Ana Luís, falava no final das audições realizadas, esta quinta-feira, na Comissão de Assuntos Sociais do parlamento açoriano, a propósito da Escola do Mar dos Açores (EMA) e da demissão do Secretário Regional do Mar e Pescas enquanto Presidente do Conselho de Administração, facto que provocou, de imediato, um elevado clima de instabilidade no seio de um dos mais estruturantes projetos para os Açores.

Para Ana Luís, “estas audições serviram para esclarecer o que havia a ser esclarecido por intervenientes que muito trabalharam e contribuíram para o sucesso deste projeto. Não nos apresentámos nestas audições com opiniões pré-concebidas nem com o objetivo de retirar maior ou menor protagonismo político pelo sucesso de uma estrutura sem paralelo no país. Apresentámo-nos para esclarecer o que havia a ser esclarecido perante a turbulência vivida na EMA”.

“Mas não podemos aceitar que o PSD tente branquear todo o trabalho realizado até aqui por muitas pessoas que deram ideia, corpo e projeto à Escola do Mar dos Açores, da qual todos nós nos devemos orgulhar e contribuir para o seu futuro. Trata-se de uma injustiça e de uma gritante desonestidade política”, afirmou a deputada no final das audições às anteriores diretoras executivas da EMA e diretora pedagógica.

A parlamentar eleita pelo Faial apelou, ainda, para que todos contribuam para a implementação do projeto da Escola do Mar e manifestou a vontade de que esta Escola se afirme enquanto uma referência nacional e europeia na área da formação de marítimos, cumprindo assim os objetivos subjacentes à sua criação.