PS/Açores descontente com Primeiro Ministro

0
11

O deputado do grupo parlamentar do PS dos Açores, André Bradford  mostrou a sua indignação para com o Primeiro Ministro, tendo em conta que este escolheu não repor as transferências que eram realizadas para os Açores, a título de solidariedade nacional, até 2013.

Na nota de imprensa enviada  à nossa redação, André Bradford recordou que “existe uma iniciativa do PS na Assembleia da República precisamente nesse sentido” e apelou ao “senhor Primeiro-Ministro, agora que já pisou solo Açoriano nessa qualidade” para que “fique com outro tipo de sensibilidade para com as nossas necessidades específicas”.  

“Em matéria de solidariedade nacional para com os Açores, o senhor Primeiro-Ministro tem revelado grandes dificuldades em compreender a nossa realidade específica, o que ficou demonstrado recentemente a propósito das verbas que recusou à Região por causa dos prejuízos causados pelas intempéries que assolaram a Região em Março de 2013. E voltou a fazê-lo agora, ao negar a reposição das verbas previstas na Lei das Finanças Regionais”, frisou o deputado socialista.

Segundo o dirigente socialista “seria interessante, a este propósito, perceber porque é que o PSD/Açores se absteve na questão das verbas nacionais para as calamidades, ou porque é que nem ousa falar da reposição das transferências do Estado para a Região, preferindo agradecer tão penhoradamente ao Governo da República uma simples autorização de baixa de impostos que são, por lei, da Região”.

No comunicado,  André Bradford, aproveitou para saudar e felicitar o Governo Regional por “todo o trabalho, esforço e persistência que colocou afincadamente na resolução da questão das Obrigações de Serviço Público nas ligações aéreas entre os Açores e o Continente, que agora conheceu finalmente o seu desfecho em sentido favorável às pretensões dos Açorianos e ao interesse dos Açores”, considerando ser “uma grande vitória para a Região”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO