PS/Açores promove Ciclo de conferências “Um Novo Ciclo, para Vencer Novos Desafios”

0
0

É já no próximo dia 19 de Maio que o Faial recebe a primeira conferência do ciclo de conferências “Um novo ciclo, para vencer novos desafios”, uma iniciativa do PS/Açores que vai percorrer todas as ilhas do arquipélago durante 12 meses. No Faial, a conferência abordará o tema “O Mar dos Açores, um Novo Potencial de Desenvolvimento”

 

Durante os próximos 12 meses vai decorrer o Ciclo de Conferências “Um novo ciclo, para vencer novos desafios”, organizado pelo PS/Açores.

Este ciclo de conferências pretende ser o “catalisador de novas ideias e soluções que permitam aos Açores entrar num novo patamar do seu desenvolvimento”, através da participação de “personalidades com um percurso que constitua como uma soma à reflexão, que aponte soluções práticas, exequíveis e, acima de tudo, que acrescentem valor à Região”.

O Ciclo de Conferências foi apresentado na manhã de hoje, na cidade da Horta, por Sérgio Ávila, Vice-Presidente do PS/Açores.

Segundo explicou Sérgio Ávila, pretende-se com a iniciativa “constituir um fórum de debate livre sobre os Açores, recolhendo contributos e solicitando a participação activa não só de todos os açorianos mas de todas as instituições que queiram connosco reflectir o futuro da nossa Região e particularmente identificar os principais desafios que se colocam no nosso processo de desenvolvimento”.

Com estes debates, o vice-presidente do PS quer “incentivar e promover o pensamento aberto, a opinião livre e criar um espírito de reflexão” que contribua para a elaboração das linhas directrizes do partido nas próximas eleições regionais.

Para o número dois socialista, nestes debates pretende-se “ouvir os melhores”, sejam eles açorianos ou convidados nacionais ou internacionais.

No final, o partido pretende criar um documento que inclua todas as reflexões feitas pelos açorianos e que vá ao encontro das soluções exequíveis e credíveis que possam ser um valor acrescentado para o projecto e para o desenvolvimento da Região.

A finalizar a sua apresentação, Sérgio Ávila anunciou o tema da primeira conferência deste ciclo: “O Mar dos Açores um novo potencial de desenvolvimento” que é para nós um tema simbólico e que dá o arranque ao  ciclo de conferências aqui no Faial”, disse.

Os restantes temas, já calendarizados, irão ser abordados nos próximos dois meses por todas as ilhas e irão incidir essencialmente sobre temáticas que partido considera “fundamentais para o desenvolvimento da nossa região”. “Melhor Qualidade Educativa, Rumo à Excelência”, “Aumentar a Competitividade das Exportações para Criar Novos Mercados”, “Dinamizar a Criação de Emprego para uma Geração Qualificada” e “Assegurar a sustentabilidade do Serviço Público de Saúde Melhorando a Qualidade e a Acessibilidade” são outras temáticas a serem abordadas neste ciclo de conferências.

 

Ciclo de conferências na onda das novas tecnologias

Este projecto segue a onda das novas tecnologias, e pode ser consultado no site http://www.vencernovosdesafios.com. Os debates podem ser acompanhados em directo através do youtube, facebook e twitter.

“A palavra-chave para este projecto é a interactividade”, como refere Francisco César, que teve a responsabilidade de apresentar o site e explicar como vai ser posta em prática a ideia de fazer esta iniciativa “crescer de dentro para fora, chegando, gradualmente, ao maior número possível de açorianos, enquanto destinatários das reflexões e das soluções apontadas”.

Francisco César explica que “o objectivo “é permitir em apresentar os temas a discussão, e que esses temas tenham, na Internet, a evolução da própria discussão, assim como receber da parte de quem estiver atento ao debate o seu contributo”. Para que isso aconteça, o responsável explica que foram utilizadas três plataformas de comunicação: o site vencer novos desafios.com, o facebook e o twitter. “Estas três plataformas estarão interligadas e terão em tempo real a actualização dos debates”, refere Francisco César, acrescentado que “ à medida que a conferência está a acontecer, há sempre alguém que vai actualizando as ideias bases dos conferencistas, bem como de quem está a fazer as perguntas, ao mesmo tempo que iremos transmitir todas as conferências, quer no site, quer no facebook, em directo”. Isto vai permitir à população comentar em directo o que está a acontecer. A toda esta informação directa junta-se também a informação tradicional, através de uma newsletter.

Francisco César destaca que tudo isto sai da plataforma do site do PS/Açores, para possibilitar que qualquer cidadão, independentemente da cor partidária, contribua e participe neste ciclo de debates.

 

Oradores de peso no primeiro ciclo de conferências dedicado ao Mar dos Açores  

Presente nesta sessão de apresentação esteve também Frederico Cardigos, na qualidade de biólogo/investigador, responsável pela organização do primeiro debate, que aceitou este desafio por considerar esta reflexão importante para o desenvolvimento da região.

 “Nos últimos tempos muito se tem falado da economia do mar, da exploração do mar profundo, de extensão da plataforma continental, novas oportunidades marítimas, regresso ao mar, tecnologia azul etc…”, refere Cardigos, dizendo que foram precisamente estes temas que permitiram lançar o desafio aos conferencistas, tentando “aliar a experiência à irreverência, o conhecimento à juventude, o empreendedorismo estruturado ao desafio arriscado”. O resultado é a conferência “Mar dos Açores, um Novo Potencial de Desenvolvimento”.

Na opinião do biólogo, o tema justifica-se pela importância do mar dos Açores para o desenvolvimento da Região, por isso “é importante saber como utilizar de forma saudável esse recurso”.

De acordo com Frederico Cardigos, os especialistas convidados para esta conferência foram Tony Pitcher (Investigador da Universidade British Columbia na área das Pescas), Ana Brito e Melo (Investigadora Centro de Energia das Ondas, IST Lisboa), Raúl Bettencourt (Investigador Universidade dos Açores) e Rick Rosenthal (produtor premiado de documentários do mundo subaquático). O debate vai ser moderado pela jornalista Marla Pinheiro.

 

 

 

 

 

 

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO