PSD/Açores defende departamento de Estratégia Marítima no Faial

0
5

O PSD/Açores defendeu ontem a criação, na ilha do Faial, de um departamento de acompanhamento da Estratégia Marítima, “uma estrutura promovida pela Comissão Europeia (CE), para a qual o contributo do Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos Açores será decisivo para o sucesso da iniciativa”, disse o deputado António Pedro Costa, para quem “a estratégia marítima para a área do Atlântico deve pressupor uma visão global do mar, num conceito de gestão do espaço marítimo que procure desenvolver as várias potencialidades do Atlântico”, explicou.

“Dos ecossistemas à biodiversidade, Das pescas aos minérios e à segurança marítima, criando uma nova economia do mar, no contexto de um desenvolvimento sustentável”, disse o social-democrata alertando para a necessidade do Quadro Estratégico Comum (2014-2020) da CE “contemplar um Fundo para os assuntos marítimos e as pescas pois, a nível nacional, o Orçamento do Estado para 2012 já previu uma dotação de 65 milhões de euros para o mar”, referiu.

Segundo António Pedro Costa, “é importante que esta seja uma oportunidade para os Açores, que são um dos maiores territórios marítimos da União Europeia, para que assumam a sua condição de Região arquipelágica com uma Zona Económica Exclusiva e fundos oceânicos, que perfazem 3 milhões de quilómetros quadrados, cujos recursos vivos, minerais e energéticos são um potencial económico de grande importância para a Europa”, sustentou António Pedro Costa.

 

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO