PSD/Açores – Governo Regional tem de esclarecer se pretende unir Hospital da Horta e Unidade de Saúde

0
12
DR

O grupo parlamentar do PSD/Açores solicitou ao Governo Regional esclarecimentos sobre o modelo de funcionamento que pretende implementar no Hospital da Horta e na Unidade de Saúde.

Os deputados do grupo parlamentar do PSD/Açores eleitos pelo Faial solicitaram ao Governo dos Açores esclarecimentos sobre o modelo de funcionamento que pretende implementar no Hospital da Horta e na Unidade de Saúde da Ilha do Faial, alegando que o Executivo Açoriano tem vindo a adensar dúvidas quanto à manutenção da autonomia destas duas unidades, após as obras que foram agora lançadas a concurso.
Carlos Ferreira e Luís Garcia salientaram que o Governo afirmou que deslocar a Unidade de Saúde da Ilha do Faial para um edifício a construir junto do “Bloco C” do Hospital da Horta iria possibilitar o “estabelecimento de sinergias” e uma “interação efetiva” entre os cuidados de saúde primários e os cuidados hospitalares. No entanto, aquando do lançamento da empreitada, o executivo adiantou que “os benefícios desta fusão se situam ao nível da relação direta dos utentes com o hospital, criando um polo de saúde que dará melhor resposta às novas tendências sociais, alterações demográficas e evoluções tecnológicas”.
Para os deputados do PSD/Açores, estas afirmações “adensam as dúvidas”, pelo que é “absolutamente urgente clarificar que modelo de funcionamento pretende o Governo implementar após esta intervenção e assegurar, desde já, que, apesar da proximidade, ambas as entidades (Hospital e Unidade de Saúde) manterão as suas identidades, missões e valências”.
Os deputados consideram que a “deslocalização da Unidade de Saúde da Ilha do Faial para um edifício a construir junto do “Bloco C” do Hospital da Horta pode trazer algumas vantagens para os utentes e possibilitar o estabelecimento de sinergias entre as duas instituições de saúde do Faial”, mas querem perceber exatamente quais as sinergias que serão criadas.
Carlos Ferreira e Luís Garcia sublinharam ainda os constrangimentos que esta deslocalização da Unidade de Saúde vai provocar no trânsito e no estacionamento, defendendo o reforço de parques de estacionamento automóvel na zona do hospital.
Adicionalmente, os deputados do PSD/Açores eleitos pelo Faial querem saber se as obras agora lançadas incluem a substituição das canalizações que têm sido apontadas como a causa para os focos de legionella que têm ocorrido no Hospital da Horta e se está previsto a substituição das coberturas de amianto que existem nesta unidade hospitalar.
O Governo dos Açores lançou, no passado dia 6 de fevereiro de 2018, o novo concurso para a “empreitada de remodelação do Hospital da Horta e a construção do edifício da Unidade de Saúde da Ilha do Faial”, obras prometidas em agosto de 2014 por Vasco Cordeiro durante a inauguração do “Bloco C” do Hospital.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO