Quinta de São Lourenço – Governo Regional investe um milhão de euros na recuperação de infraestruturas

0
47
João Ponte Quinta de São Lourenço

Após a sua visita às obras em curso na Quinta de São Lourenço, João Ponte afirmou que com este investimento de um milhão de euros em infraestruturas ali existentes o Governo dos Açores está a cumprir com mais um compromisso com os faialenses.
O secretário regional anunciou ainda que está para breve a publicação, em Jornal Oficial, do concurso público para as obras de recuperação e beneficiação do pavilhão de exposições.

O secretário regional da Agricultura e Florestas no âmbito da visita que efetuou, na passada sexta-feira, às obras em curso na Ermida e no Solar da Quinta de São Lourenço, orçadas em 450 mil euros, afirmou que o Governo dos Açores vai investir cerca de um milhão de euros na recuperação e beneficiação de infraestruturas existentes no local para servir não só o setor agrícola, mas também outros setores de atividade económica da ilha.
“Com a concretização destes investimentos o Governo dos Açores está, desde logo, a cumprir um compromisso com a ilha do Faial, com os agricultores e também com outros setores da atividade económica desta ilha”, frisou João Ponte.
Na ocasião, o governante destacou que as obras em causa permitirão enriquecer todo o complexo do Parque de Exposições da ilha do Faial, onde este ano decorreu a Feira Açores.
Para o titular da pasta da Agricultura, as obras de reabilitação já em curso e as previstas para o próximo ano são importantes, desde logo, pela recuperação de património histórico e com valor arquitetónico, mas, sobretudo, por aquilo que irão representar no futuro, uma vez que estão em causa edifícios que vão ganhar novas funcionalidades.
O secretário regional anunciou ainda que está para breve a publicação, em Jornal Oficial, do concurso público para as obras de recuperação e beneficiação do pavilhão de exposições, num investimento de cerca de 550 mil euros.
“Trata-se de um equipamento importante deste Parque de Exposições, cujas obras permitirão dotá-lo de outro tipo de condições para a realização de eventos, quer no setor agrícola, quer noutros setores da atividade económica faialense”, referiu João Ponte.
As obras na Ermida e no Solar contemplam o reforço estrutural do edificado, nomeadamente ao nível das paredes exteriores, a reabilitação das alvenarias de pedra de basalto e das caixilharias e guardas existentes e a reconstrução da cobertura, dotando o solar com uma sala para exposições, um espaço multiusos, instalações sanitárias e uma copa.
Por sua vez, o pavilhão passará por uma intervenção que passa pela recuperação da estrutura existente, incluindo a execução de platibanda, a substituição dos painéis de cobertura e a execução do piso térreo.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO