Reflexões Crónicas Higiene e saneamento básico (1/2)

0
14
blank

Na outra semana ficámos entre o Paul e o Cano de ligação à Ribeira. Junto ao antigo Paul fica a Travessa do Monturo, ou seja, da lixeira. Não temos informação sobre este local, mas o topónimo indica-nos ter sido antigo local de depósito de lixos. Situado, como vimos, numa zona de urbanização tardia e de estagnação de água, seria o local ideal para isso em épocas recuadas, quando era expectável que o lixo fosse lançado ao mar. A juntar aos problemas de salubridade da zona, temos ainda notícia do funcionamento do matadouro municipal na Rua Velha no século XVIII – antes de voltar para a margem da Ribeira – onde podia despejar os resíduos directamente para a água, como ditavam as regras. No meio da vila, no Mercado da Boa Viagem, acontecia algo semelhante com os resíduos de peixe, neste caso deitados directamente ao mar. Mas os problemas de higiene urbana, em qualquer povoado até ao século XIX, eram uma realidade generalizada.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!