Reforço dos voos para a Horta fortalece a economia local, considera PS/Faial

0
30

O Partido Socialista do Faial acusou, hoje, o PSD local de estar a proteger o Governo e não a ilha que representa, numa referência à falta de reivindicação, por parte dos responsáveis locais, pelo aumento do número de ligações entre Lisboa e a Horta, o que contribuiria para uma recuperação do setor turístico na ilha, mas também para uma mais célere retoma económica.
“O PSD/Faial não compreende a real necessidade de, neste momento, se começar a exigir uma maior oferta no número de voos e de lugares disponibilizados pela SATA na rota entre Lisboa e a Horta”, criticou o PS/Faial, acrescentando ainda que, face ao atual momento de retoma, “esse reforço serviria para fortalecer a nossa economia”.
Para os Socialistas, e atendendo a que a Região tem vindo a ficar para trás em matéria de turismo, a pandemia de Covid-19 não pode continuar a ser motivo de impedimento ao desenvolvimento deste importante setor para a Região. “É fundamental que o número de voos aumente, sobretudo nos meses de julho e agosto”, alerta o PS/Faial.
“Recordamos, inclusivamente, que ao longo dos anos o atual presidente do PSD/Faial foi uma das vozes mais críticas de entre as que defendiam a necessidade de se reforçar a oferta para a ilha, alegando até, o pretexto de as pessoas poderem vir a procurar outros destinos que não o Faial. Mas agora, e quando mais é preciso, remete-se a concordar com o seu Governo, não defendendo as reais necessidades dos faialenses”, asseguraram os Socialistas.
“Esta é apenas mais uma cambalhota nas opiniões que o líder do PSD/Faial tinha, e agora tem”, sublinhou o PS/Faial, dando como exemplo questões pertinentes para o desenvolvimento da ilha e nas quais “ontem se defendia uma coisa e hoje outra, em função do partido que está no Governo”, como é o caso do chumbo que esta coligação deu, durante a discussão do Plano e Orçamento para 2021, às propostas apresentadas pelo Partido Socialista, e nas quais se incluíam investimentos como a Variante, a reabilitação dos apartamentos da ex-estação Radionaval da Horta, a frente-mar da cidade, entre outras.
Considerando ainda a implementação, em território nacional, do certificado digital de vacinação contra a Covid-19, para além do teste de despiste ao novo coronavírus a quem chegue de fora da Região, o Socialista sublinha serem fatores de tranquilidade para que os faialenses possam reivindicar um maior aumento do número de ligações à cidade da Horta.
“A atitude que os responsáveis pelo PSD/Faial têm vindo a demonstrar, ao estar de costas voltadas para a população faialense, só demonstra que, mais uma vez, cederam aos interesses partidários ao invés de defenderem a sua ilha”, alertaram os Socialistas que defenderam ainda a necessidade de “em vez de serem um entrave ao desenvolvimento local do turismo, deviam estar preocupados, isso sim, em reforçar a vacinação entre a população local e garantir, desta forma, que o destino seja cada vez mais atrativo e seguro”.

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO