Responder à crise

0
6
TI
TI

A pandemia de Covid-19 continua e os efeitos do confinamento fazem-se sentir nas diversas facetas das nossas vidas. As estatísticas ainda não refletem esses efeitos, pois a sua latência normal não permite um retrato em tempo real da sociedade.
Ao mesmo tempo que se combate a crise sanitária é também prioritário responder à crise económica e social.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO