Santa Catarina: emprego e coesão

0
26
DR/TI
DR/TI

Quando no ano passado o Governo Regional anunciou a reforma do setor público empresarial regional (SPER), o Bloco de Esquerda alertou para a necessidade de se proteger os postos de trabalho e os direitos dos trabalhadores das empresas públicas.
Entre privatizações, extinções e venda de pequenas participações, a chamada reforma do SPER engloba empresas e contextos muito diferentes. Se a privatização da SATA foi, pela sua importância para a mobilidade e para a economia, o caso mais debatido, não é o único merecedor de um amplo debate.
Existem outras empresas públicas, que não sendo de setores estratégicos, pela importância que têm para a coesão regional, para o emprego e para a dinamização da economia local, têm de ser alvo de uma atenção especial.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO