Solidariedade, da teoria à prática

0
15
TI

Por: Carlos Augusto Furtado

O momento que vivemos é único na nossa história recente. Nunca nos sentimos tão fragilizados e tão impotentes, para lidar com uma situação tão gravosa. Hoje ninguém tem certezas de absolutamente nada, a não ser da plena constatação da falta de lideranças acérrimas pelo dever de proteção daqueles que são liderados.
Até à presente data, não se tornou pública qualquer iniciativa de efeito imediato, por parte do Governo dos Açores, no sentido de minimizar os constrangimentos económicos, já nos próximos dias, que a pandemia Covid 19 está a causar. Não existe também notícia de qualquer iniciativa por parte da Associação de Municípios dos Açores, no sentido de em forma coordenada e consertada, serem levadas a efeito quaisquer medidas, também de apoio à população.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO