Turismo: Faial com uma das estadas médias mais baixas da Região

0
8

No passado mês de Agosto, o tempo de estada médio dos turistas no Faial foi de 2,4 noites. O valor está abaixo da média regional e apenas Corvo e São Jorge têm estadas médias inferiores. Os números constam da última análise do Serviço Regional de Estatística à actividade turística nos Açores, que mostra uma quebra no número de dormidas e nos proveitos retirados do sector durante os primeiros 8 meses do ano. O Faial não foi excepção, no entanto Agosto de 2012 representou um crescimento em relação ao mesmo mês de 2011. 


Na Região, Agosto representou um total de 173,4 mil dormidas, o que representa uma diminuição de 2,8% em relação a Agosto de 2011. A principal quebra nota-se entre os portugueses, reflexo da crise em que o país está mergulhado. Em Agosto de 2012, visitaram os Açores menos 15,1% dos portugueses que o tinham feito em Agosto de 2011.

Na análise das dormidas dos primeiros oito meses do ano, verifica-se uma quebra bem mais acentuada em relação a igual período de 2011: entre Janeiro e Agosto a Região contabilizou 708,4 mil dormidas, menos 6,7% que no ano anterior.

O número de estrangeiros a visitar os Açores tem, no entanto, aumentado. Em Agosto foram contabilizadas quase  111 mil dormidas de residentes no estrangeiro, o que representa um aumento de 5,8% em relação ao mesmo período de 2011. 

Entre Janeiro e Agosto, os portugueses representaram 41,8% das dormidas nos Açores, cabendo o restante aos mercados estrangeiros. Destes, o principal é o mercado alemão, com 11,5% das dormidas. Os mercados espanhol e nórdico também são bastante importantes para a Região. No entanto, enquanto o número de turistas alemães e espanhóis aumentou exponencialmente de 2011 para 2012, os visitantes oriundos da Suécia e da Dinamarca diminuíram.

Fazendo uma análise por ilha, o Faial registou em Agosto passado 15939 dormidas, o que representa um crescimento de 3,7% em relação a 2011. Apenas Pico, Faial e Flores cresceram em número de dormidas entre Agosto de 2011 e Agosto de 2012, tendo esse crescimento sido maior no Faial. Se a análise for alargada aos primeiros oito meses do ano, constata-se que o Faial registou quase 57 mil dormidas, o que representa uma quebra de 3,3% em relação a igual período de 2011. Ainda assim, o Faial foi a ilha que assistiu a uma menor quebra, tendo sido a vizinha ilha do Pico a única a crescer em número de dormidas neste período.

A maior parte das dormidas (67%) concentram-se em São Miguel, seguindo-se a Terceira, com 14%. O Faial é a terceira ilha em número de dormidas, totalizando 8,1% do todo regional.


Tempo de Estada médio do Faial é um dos mais baixos da Região

O principal problema do Faial quando se analisam os números do turismo continua a ser o tempo médio de permanência do turista na ilha. Em Agosto de 2012, os turistas que passaram pelo Faial estiveram, em média, 2,4 noites na ilha, quando a média regional é de 3,2 noites. As únicas ilhas com estadas médias inferiores ao Faial são o Corvo e São Jorge.

Quanto às taxas de ocupação em Agosto de 2012, a média regional foi de 65,2%. O Faial registou uma taxa de ocupação de 64,2%, sendo a segunda melhor do arquipélago, apenas suplantada por São Miguel.


Proveitos do Turismo em quebra

Entre Janeiro e Agosto de 2012, a actividade turística na região permitiu proveitos de cerca de 30.931 mil euros. Este valor representa menos 9,7% dos proveitos obtidos no mesmo período do ano anterior.  Todas as ilhas da Região viram cair os proveitos do Turismo em relação a 2011, com excepção do Pico, que assistiu a um crescimento de 2,8%. No Faial, os primeiros 8 meses do ano permitiram proveitos de 3.224 mil euros, o que representa uma quebra de 5% em relação ao ano anterior. Ainda assim, o Faial é a terceira ilha com maior peso nos proveitos regionais do sector do Turismo, representando 10,4% do total regional.




O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO