Universidade dos Açores – Partido Socialista preocupado com o financiamento do estabelecimento de ensino

0
19
DR

A deputada socialista da Assembleia da República Lara Martinho instou o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior a fazer um ponto de situação sobre a problemática de financiamento da Universidade dos Açores (UAç).
O assunto foi abordado durante uma audiência regimental do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

Durante uma audição regimental do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, a deputada do Partido Socialista (PS) Lara Martinho instou o governante a fazer um ponto de situação sobre a problemática de financiamento da UAç e a falar sobre os resultados da reunião que manteve com o reitor da instituição.
“Neste encontro foram-lhe acentuadas as principais preocupações de financiamento desta instituição, nomeadamente os acréscimos de despesas com o emprego científico, com a integração de trabalhadores precários e com as valorizações remuneratórias”, lembrou a deputada.
A socialista sublinhou que “a realidade é que a Universidade dos Açores, pela sua condição ultraperiférica e insular, tem custos acrescidos que são inquestionáveis”, sustentando que por essa mesma razão o PS introduziu no Orçamento do Estado a promoção por parte do Governo “dos estudos para a majoração do financiamento das universidades insulares, visando compensar os sobrecustos da insularidade e da ultraperiferia, contribuindo dessa forma para a coesão territorial e a igualdade de oportunidades ao nível do ensino superior”.
“Já existem desenvolvimentos em relação a estas questões? Que expetativas podemos ter em relação a esta problemática de financiamento da UA que tanto nos preocupa?”, questionou Lara Martinho na audição.
Na ocasião, Manuel Heitor garantiu que a dotação para a UAç cresceu 9%, sensivelmente semelhante à média das dotações de todas as instituições, e confirmou que o grupo de monitorização tem seguido a instituição “de uma forma clara”.
O ministro assegurou ainda que “todos os anos o aumento do plafond de reforços foi bastante superior ao aumento das despesas com pessoal” e que neste momento o reitor da instituição está a concluir os dois processos que estão em curso do lado da reitoria, nomeadamente do apoio ao emprego científico e a identificação nominal das situações de valorizações remuneratórias.
Em nota de imprensa os socialistas salientam que o financiamento da Universidade dos Açores é um tema que preocupa os deputados socialistas na Assembleia da República eleitos pelos Açores “que têm alertado que as verbas disponibilizadas às Universidades insulares não têm contemplado qualquer majoração que permita fazer face aos sobrecustos, por todos reconhecidos, resultantes da sua ultraperiferia e da insularidade, sendo certo que tais condições resultam num acréscimo da despesa de funcionamento relativamente às universidades no continente”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO