Valores humanistas em destaque na comemoração do 30.º aniversário dos Escuteiros da Ribeirinha

0
19
blank

O Agrupamento de Escuteiros da Ribeirinha assinalou, na passada quarta-feira, 30 anos de atividade. Na cerimónia comemorativa, o Presidente da Câmara Municipal da Horta destacou o importante contributo desta instituição na formação cívica e ética de dezenas de crianças, jovens e adultos na Freguesia da Ribeirinha, como em toda a ilha do Faial.

“O Município saúda e felicita o Agrupamento 973 do Corpo Nacional de Escutas pelo trabalho desenvolvido ao longo dos últimos 30 anos e pela capacidade de formar cidadãos mais ativos e participativos, genuinamente comprometidos em contribuir para uma comunidade mais coesa e solidária”, considerou Carlos Ferreira.

Evidenciando o papel dos Escuteiros, que têm como missão deixar o mundo um pouco melhor do que o encontraram, o autarca lembrou que “o Município está atento, disponível e preparado para apoiar as organizações que acrescentam valor à comunidade, através da cultura, do desporto ou da formação integral dos seus cidadãos, com especial atenção aos mais novos”.

No final da intervenção, e perante o cenário atual, Carlos Ferreira alertou para a importância da solidariedade e do respeito pelos valores humanos, com ênfase para “o papel decisivo que as novas gerações devem assumir na construção de uma sociedade assente nos valores da fraternidade”, concluiu.

Fundado em 1992, o Agrupamento de Escuteiros 943 é composto, atualmente, por mais de 40 membros, estando instalado, desde maio de 2012, num espaço cedido pela Câmara Municipal da Horta, situado na antiga Escola Primária da Ribeirinha.