Valter Nunes escolhido para representar a Associação de Futebol da Horta no Jogo do Século

0
10

No passado sábado, dia 22 de novembro, foi escolhido no Complexo Desportivo da Escola Secundária Manuel de Arriaga, Valter Nunes, como o jogador que vai representar a Associação de Futebol da Horta (AFH) no jogo do século.

Além de Valter Nunes estavam também outros 13 jogadores amadores que desconheciam que um representante da Federação Portuguesa de Futebol se encontrava na bancada para selecionar um jogador amador da AFH.

Os jogadores foram surpreendidos no jogo que normalmente realizam aos fins de semanas. A  música começa a tocar e entram em campo cinco cheerleaders, um repórter da RTP 1 e muitas bandeiras com publicidades, trazendo deste modo, a magia de um verdadeiro jogo profissional.

blank

Esta iniciativa, insere-se nas comemorações dos 100 anos da Federação Portuguesa de Futebol, iniciou-se a 25 de Abril em Lisboa e terminou no dia 23 de novembro com a escolha do último jogador amador na ilha da Terceira.

Ao todo serão 22 os jogadores amadores, que irão representar todas as Associações de Futebol do país neste jogo do século, que se realizará no mês de março de 2015 no estádio do Jamor, mas que ainda não tem dia marcado.

 blank

Segundo declarações prestadas ao Tribuna das Ilhas por um representante da organização desta ação que se deslocou à ilha do Faial, “o jogo vai decorrer juntamente com um estágio da seleção nacional que vai acontecer na mesma altura” e “vamos dar a hipótese de todos estes jogadores, que na maioria são amadores, de terem a experiência do que é um estágio profissional e de entrar em contato com as estrelas do futebol nacional, antigos internacionais e possivelmente com jogadores também da selecção A”, revelou.

Eduardo Pereira, Presidente da AFH esclareceu à nossa reportagem, que “a ação da Associação foi colaborar com a Federação disponibilizando o local, com a logística e reunir as pessoas que costumam praticar futebol semanalmente com caráter não formal num espaço sem que as mesmas soubessem o que iria acontecer”.

“É uma iniciativa que se coloca todas as Associações de Futebol do país em pé de igualdade, fazendo com que todo o país esteja representado no jogo do século”, salientou Eduardo Pereira.

Valter Nunes, que em declarações à comunicação social no final, já com a camisola da selecção nacional, com o nome da Horta nas costas, vestida confessou que esta vai ser “uma oportunidade única, que nunca mais me vou esquecer na vida” e “uma responsabilidade”.

blank

Emocionado Valter Nunes afirmou ainda que “pratiquei realmente vários anos desporto mas nunca pensei em chegar aqui, a um dia tão bonito” e recordou “já são 15 anos, em que normalmente nos encontramos todos os domingos, todos os fins de semana”, reforçou.

O escolhido para representar a Horta declarou ainda que a viagem que irá efetuar em março 2015, será como uma prenda de aniversário, já que faz anos nesse mês. O nomeado deu também os parabéns à federação pela realização desta iniciativa.

blank

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO