WebNICA: 1.º Ciclo de Conferências na Web do NICA

0
12

Neste artigo, aproveito para divulgar um novo ciclo de eventos do NICA-UAc.
O NICA-UAc, Núcleo Interdisciplinar da Criança e do Adolescente da Universidade dos Açores, foi criado em 2015 e reúne investigadores de diferentes áreas (ciências da educação, enfermagem, matemática, filosofia, informática e biologia) e visa desenvolver, promover e divulgar atividades interdisciplinares de investigação científica e formação, bem como prestar serviços à comunidade, no âmbito de estudo da criança e doadolescente.
Surge, agora, uma iniciativa inovadora no NICA-UAc: o 1.º Ciclo de Conferências na Web do NICA – WebNICA. Este evento consiste num conjunto de 7 conferências online, com a duração de uma hora (das 18h30 às 19h30). Cada sessão será orientada por um especialista, que apresentará uma intervenção durante 30 minutos. A segunda parte (30 minutos) será reservada para debate. Os participantes podem colocar questões através de chat ou com recurso a imagem e som.
O WebNICA destina-se a profissionais, alunos, familiares e a todos os mediadores pedagógicos que pretendam conhecer e aprofundar as diferentes problemáticas em análise.Para se inscrever nas sessões, basta que envie o seu nome e morada para o email nica.diretor@uac.pt. No dia da sessão, ser-lhe-á enviado um email para aceder à plataforma online em que a mesma se realizará e basta que disponha de um computador com Internet.
Apresentamos um breve resumo de cada um das 7 conferências online.
1. Quem pergunta não ofende… mas incomoda! Conferencista: Magda Costa Carvalho (NICA-UAc). Quem já conviveu com pessoas com idades entre os 4 e os 8 anos sabe bem o que são perguntas. Algumas parecem mais simples, mas outras são capazes de deixar qualquer adulto sem palavras. Há quem diga que as crianças e os filósofos têm em comum a familiaridade com grandes questões da existência humana. O objetivo desta webinar é explorar algumas dimensões fundamentais da atividade questionante das crianças e mostrar como nela se esconde um manancial de experiências e potencialidades.
2. Brincar a escrever.Conferencista: Ana Isabel Santos (NICA-UAc). Muito antes de aprender a escrever formalmente, as crianças brincam com a escrita e têm ideias sobre como se escreve e para quê. Aos pais, educadores e professores interessa perceber o que é essa escrita, para que serve e o que podem fazer para a aproximar cada vez mais da escrita alfabética que é ensinada no ensino básico. Com esta webinar pretende-se desmistificar a utilização da escrita na infância no processo de desenvolvimento e aprendizagem das crianças.
3. Melodia a quatro mãos: o adulto capaz de chegar ao mundo interno das crianças. Conferencista: Andreia Morais (Psicóloga, Colégio do Castanheiro). Porque na diferença também há lugar para a felicidade, temos o intuito de abordar várias formas de descoberta de comunicação com a criança quando as palavras estão “trancadas”, “encerradas” e “codificadas” na mesma e ficam por expressar sentimentos, vontades e emoções, devido ao obstáculo natural da inexistência (temporária, ou não) da fala. Pretendemos dar estratégias para ultrapassar barreiras das expectativas dos adultos de que toda a comunicação tem que ser verbal.
4. Desmistificar para melhor preparar: a hospitalização da criança. Conferencista: Patrícia Pombo Sousa Tavares (NICA-UAc). A hospitalização de uma criança, independentemente da idade desta, surge quase sempre como um momento de crise na vida de uma família. Sabendo que o medo do desconhecido supera o medo do conhecido, é importante que as famílias começam os aspetos que envolvem a hospitalização para que, de uma forma adaptada, possam preparar as crianças para tal acontecimento. Este aspeto será também importante para a rede de apoio que acompanha as crianças e família. Como preparar a criança para a hospitalização?
5. Literatura infantil: ler para crescer. Conferencista: Madalena Teixeira da Silva (CeHU-UAc/NICA-UAc). De entre a grande variedade de títulos publicados para crianças, nem todos podem ser considerados literatura infantil, simplesmente porque não são, efetivamente, obras literárias, distinguindo-se desde logo pelos seus objetivos. Informar e ensinar constituem formas não artísticas de representar a realidade. Todavia, as obras de reconhecido valor literário, criadas com uma intenção primordialmente estética, contribuem, de múltiplas formas, para o crescimento global das crianças, facto que se pretende ilustrar através do comentário comparado de duas obras escritas para leitores em formação.
6. Conexão Bebé-mãe: Babyoga como um caminho de amor com o ser-bebé. Conferencista: GrazieleFulber (NICA-UAc e Doutoranda em Estudos da Criança na Universidade do Minho). O Babyoga além de promover estímulos multissensoriais para os bebés, une o toque, o movimento, o som, o contacto visual na mesma actividade tornando-a uma experiência salutar no ato de dar e receber amor entre bebé-mãe, gerando laços de afetividade consciencial diante o bebé e a parentalidade.
7. Papagaio de Papel: a criança e o seu desenvolvimento gráfico. Conferencista: Adolfo Fialho (NICA-UAc). Uma folha branca e uma caixa de lápis de cor podem fazer magia nas mãos de uma criança! No entanto, o galopante avanço tecnológico e a assumida dificuldade de alguns profissionais do ensino em explorar a Expressão Plástica, como se esta fosse esvaziada de conteúdo e funcionasse apenas para “enfeitar” o currículo, têm vindo a contrariar esta realidade. Esta webinar tem o objetivo de dar a conhecer as principais manifestações gráficas das crianças e as suas múltiplas possibilidades de exploração.
Aproveite todas estas conferências no conforto da sua casa!

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO