A Guerra do Ultramar começou há 60 anos – A história de Mário Vargas Silva

0
138

O capítulo do Ultramar foi escrito a sangue e a lágrimas, sendo um dos mais negros da história de Portugal. A guerra colonial mobilizou 800 mil portugueses para combater. Muitos não regressaram.
Outros tantos regressaram feridos, no corpo e na alma, e com histórias de terror que ficarão com eles para o resto da vida. Uma dessas pessoas é Mário Vargas da Silva, cuja história emocionante, que nos chegou através da sua filha, parece saída de um filme, mas é, infelizmente, bem real, e um duro exemplo do que significou este conflito para a sua geração.

Reproduzimo-la aqui.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO