Alunos aprendem biodiversidade no Aquário do Porto Pim

0
14

O Aquário do Porto Pim, inserido no Complexo do Monte da Guia e parte integrante do Parque Natural do Faial, abriu as suas portas a cerca de 70 alunos do 5.º ano e seus professores para uma aula de biodiversidade e conservação marinha. Estas aulas integradas no programa “Escola vai ao Parque” são de extrema importância para os alunos, pois mais facilmente são absorvidos conceitos e ensinamentos in loco.

Nestes ateliês foram abordados temas muito importantes, considerando que fazem parte dos objetivos do Parque Natural do Faial e do Aquário do Porto Pim, a promoção do conhecimento sobre o mar dos Açores e a educação e sensibilização ambiental.

No âmbito da conservação da fauna marinha, foi feita uma chamada de atenção para conservação de algumas espécies que já se encontram protegidas por legislação regional, caso da espécie Scyllarides latus (cavaco) e Epinephelus marginatus (mero), assim como para as espécies que se encontram em esforço de pesca como o goraz (Pagellus bogaraveo).

De salientar que no âmbito da biodiversidade, estes alunos puderam observar ao vivo mais de 35 espécies de peixes dos nossos mares. Destacando-se o bodião-verde (Symphodus caeruleus) único peixe endémico dos Açores, e o peixe-piloto (Naucrates ductor), com mais de oitenta exemplares que tornaram o Aquário de Porto Pim um dos primeiros, em todo o mundo, a ter um número tão elevado.

 

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO