Ano letivo no Faial arranca com 2416 alunos inscritos

0
15

O ano letivo arranca no dia 15 em todo o país. No, Faial o novo ano regista 2416 alunos inscritos em todos os graus de ensino, desde o pré – escolar ao 12.º ano.

Na Escola Básica e Integrada da Horta (EBI) António José D’Ávila estão matriculados 1444 alunos, enquanto que a Escola Secundária Manuel de Arriaga  (ESMA) vai receber 972 estudantes.

O dia 15 de setembro marca o início de mais um ano letivo na Horta. O primeiro dia de aulas é normalmente dedicado à receção dos alunos, muitos dos quais se preparam para uma nova etapa no seu processo de aprendizagem, tendo pela frente uma nova escola, novos professores e novos colegas.

A EBI António José D’Ávila, que gere os estabelecimentos de ensino pré-escolar e do primeiro e segundo ciclo da ilha, tem 1444 alunos inscritos.

Segundo revelou ao Tribuna das Ilhas Maria José Gomes, presidente do Conselho Executivo desta escola, no ensino pré-escolar estão inscritas 280 crianças. O 1.º ciclo apresenta a maior fatia, com 640 alunos, enquanto vão frequentar o 2.º ciclo 319 alunos. No que diz respeito ao ensino artístico, estão inscritos 205 alunos.

Ainda segundo informou a presidente do Conselho Executivo, o ano letivo arranca com 18 educadores de infância e 38 professores no 1.º ciclo, enquanto o segundo ciclo conta com 50 docentes. No ensino artístico estão colocados 17 professores.

 De acordo com Maria José Gomes, está tudo preparado para dar início a mais este ano letivo.

ESMA recebe 972 alunos

Na ESMA estão inscritos no total 912 alunos do 3.º ciclo e secundário, que vão ser orientados por 112 professores.

De acordo com o presidente do Conselho Executivo, Eugénio Leal, o ano letivo vai arrancar sem sobressaltos. A recepção dos alunos está marcada para as 9h30, no Complexo Desportivo daquele estabelecimento de ensino.

Em início de aulas, o presidente da ESMA espera que os alunos “venham motivados, empenhados, com vontade de aprender e de obter bons resultados”, afirmando a este respeito que grande parte dos impostos pagos pelas famílias são aplicados na educação, pelo que considera que os alunos devem aproveitar “este esforço que os portugueses fazem” no acesso à educação e num ensino de qualidade e com boas condições.

Ano letivo na EPH já arracou

Na Escola Profissional da Horta (EPH), o ano letivo 2014/2015 arrancou no passado dia 10 de setembro, com 227 formandos, distribuídos pelos seis cursos de Nível 4 – Técnico Profissional e nos cinco cursos do Reativar.

Segundo informações recolhidas junto da EPH, o número de formando este ano é ainda provisório uma vez que falta abrir outros cursos foram submetidos a candidatura e que ainda estão a aguardar resposta.

No ano passado, neste estabelecimento do ensino profissional, o universo de formando foi ligeiramente maior. Foram cerca de 254 os formandos inscritos nos seis cursos de Nível 4 de Técnico Profissional, e nos seis cursos do Reativar, mais um que no ano transacto.

 Açores com 40.467 alunos inscritos 

 Nos Açores o ano letivo 2014/2015 vai arrancar com normalidade e com os professores necessários colocados, no dia 15 de setembro, anunciou o secretário regional da Educação e Cultura.

  As aulas vão ter início no dia 15 de setembro em oito ilhas e a 16 na ilha Terceira, onde há tolerância de ponto na segunda-feira, devido à festa de Nossa Senhora dos Milagres, na Serreta, segundo Avelino Meneses.

 De acordo com o responsável pela pasta da Educação, o novo ano letivo tem provisoriamente inscritos 40.467 alunos em todos os graus de ensino nas escolas públicas dos Açores, menos 376 do que no ano letivo anterior.