Banco de Artistas – Uma Exposição Colectiva

0
23

 Banco de Artistas, foi a designação adoptada para uma Exposição de Artes Visuais nas antigas instalações do Banco de Portugal nesta cidade onde, segundo nos consta, funcionará um Centro de Artes e de Exposições da responsabilidade da Câmara Municipal da Horta, entidade que adquiriu recentemente aquele imóvel para fins culturais e de desenvolvimento artístico no meio faialense.

       Na tarde da passada segunda-feira foi ali inaugurada – no átrio de entrada do edifício – essa Mostra Colectiva, integrada no II Concurso/Exposição de Artes Plásticas e composta por uma série de trabalhos de doze artistas, naturais ou residentes no Faial. E a primeira impressão que o olhar do visitante colhe naquele espaço é a variedade das expressões formais e cromáticas patentes à volta do recinto e, paralelamente, a diversidade de materiais utilizados na produção artística, desde a pintura à escultura, da fotografia à impressão digital, da colagem à dobragem de metais.

       A abrir oficialmente a Exposição, o presidente da Câmara Municipal da Horta, João Castro, acompanhado pelo vereador do pelouro da Cultura, Rui Santos, referiu-se à intenção da iniciativa incluída no plano da municipalidade e teve palavras de circunstância relativamente à acção da autarquia nesse sector.

       Embora sem emitir qualquer opinião crítica sobre os trabalhos apresentados, numa área em que apenas podemos exprimir um parecer ditado pela nossa sensibilidade, vamos limitar-nos a manifestar a nossa satisfação e apreço por tanta gente que nesta terra cultiva as Artes Visuais.