BE quer esclarecimentos sobre irregularidades na Transmaçor

0
6

A representação parlamentar do Bloco de Esquerda (BE) questiona o Vice-Presidente do Governo Regional e o Secretário do Turismo e Transportes sobre diversas irregularidades na Transmaçor, empresa de capitais maioritariamente públicos.

Segundo o requerimento enviado pelo BE “é regra para as trabalhadores das bilheteiras do cais da cidade da Horta, no final do respetivo turno, depositarem o dinheiro num saco, o qual só, no dia seguinte, ou em dias subsequentes, é depositado no banco”. “Aconteceu por diversas vezes, ao longo de vários anos, falhas de caixa” e as “trabalhadoras são obrigadas a repor o dinheiro”.

Zuraida Soares afirma que esta situação é “preocupante” e que “não cumpre a mais elementar regra do rigor, pois o fecho de caixa não é supervisionado e assumido, por mais do que uma pessoa, sendo uma delas da hierarquia da empresa”.

Desta forma, a representação parlamentar do BE quer saber se a Secretaria Regional do Turismo e Transportes tem conhecimento desta situação e que medida será tomada para resolver o problema.

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO