Câmara do Comércio e Indústria da Horta – Carlos Morais candidata-se à presidência

0
5

Carlos Morais irá apresentar hoje, sexta-feira, a sua candidatura à presidência da Câmara do Comércio e Indústria da Horta (CCIH), para o mandato de 2015/2018. 

Para os três anos de mandato, o candidato define como principais prioridades a preocupação com a situação financeira da Câmara do Comércio, considerando necessário rever e reestruturar as contas desta instituição, assim como, também assume que é fundamental analisar a situação atual do comércio local.

Relativamente à atuação da CCIH, o candidato pretende acima de tudo, ouvir as preocupações dos seus associados, com o objetivo de realizar acões que proporcionem a sua revitalização, bem como continuar a aproveitar o quadro comunitário de apoios.

As eleições terão lugar dia 1 de junho deste ano e para já não é conhecido outro candidato.

Carlos Morais, que já integrava a anterior direção, deverá assim, suceder Humberto Goulart na presidência, que não pode ser recandidato por limitação de mandatos definida estatutariamente. 

Atualmente, Carlos Morais é conhecido por ser um dos maiores operadores turísticos sediados no triângulo, tendo à sua responsabilidade a Aerohorta, o Hotel Horta e a Pico tour. 

Esta instituição de utilidade pública que atua nas ilhas do Faial, Pico, Flores e Corvo, teve origem enquanto Grémio do Comércio da Horta em 1893, passando à actual denominação e forma em 1980. Para responder às necessidades dos seus associados, é composta também pelo Gabinete de Análise de Projetos de Investimento, Gabinete de Segurança e Qualidade Alimentar, Gabinete de Feiras e Eventos e o Gabinete Jurídico, ao que se associa o Núcleo Empresarial do Pico e o Núcleo Empresarial das Flores e Corvo.

Recentemente, a CCIH foi uma das principais vozes críticas da exploração da rota aérea Lisboa/Horta em exclusivo pela SATA, dando eco à insatisfação dos empresários locais.

 

 

             AF

 

                         

 

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO