Clube Naval da Horta comemora o seu 70.º Aniversário

0
16
TI

O Clube Naval da Horta festejou no passado sábado, dia 30 de setembro, no Pavilhão das Angústias, o seu 70.º aniversário, com inúmeros convidados, sócios, atletas, dirigentes e voluntários que acederam a comemorar com a direção de José Decq Mota mais um aniversário.

O Pavilhão das Angústias recebeu no passado sábado as comemorações do 70.º aniversário do Clube Naval da Horta, ocorrido a 26 de setembro, e na qual marcaram presença centenas de Atletas, Dirigentes, Treinadores, Sócios, Voluntários, Colaboradores, Convidados e respetivas Famílias.
Após a exibição do filme feito para assinalar os 70 Anos de existência do Clube Naval da Horta (CNH) da autoria de Cristina Silveira e Rui Dowling, José Decq Mota usou da palavra para dar os parabéns a todos salientando a “importância que tem para este clube com todas as suas atividades, com toda a juventude que envolve, a reunião neste mega jantar que já é tradição de muitos e muitos anos”.
Por seu lado, o Presidente da Câmara Municipal da Horta, José Leonardo Silva, deu os parabéns ao Clube Naval da Horta, atletas, diretores e sócios “pelas sete décadas de existência, de trabalhar em prol do desporto e da ilha do Faial”, formulando votos para que este trabalho “continue a ter sucesso por mais 100 anos, no mínimo”.
A terminar os discursos, o Diretor Regional da Juventude, Lúcio Rodrigues, em representação do Presidente do Governo Regional dos Açores desejando as maiores felicidades ao clube, “pois 70 anos não são propriamente 70 dias”, deixou uma saudação de “reconhecimento público a todos aqueles que, de uma forma voluntária, pro bono, conseguem levar este clube para a frente, conseguem dinamizar as atividades do clube e acima de tudo aqueles que têm a capacidade de desenvolver diariamente as atividades com a formação do Clube Naval da Horta”.
Lúcio Rodrigues saudou de forma especial a formação atendendo a que ele próprio é “um homem da casa, cresci dentro do Clube Naval”.
Por fim, o representante do Presidente do Governo Regional dos Açores, quis reconhecer publicamente todos aqueles que passaram no clube, a todos aqueles que fizeram parte das direções, e a todos aqueles que levaram o clube a fazer 70 anos, em especial a três pessoas com as quais lidou ao longo dos seus 30 anos e que, no seu entender, são a cara do Clube Naval da Horta, e são elas: Armando Oliveira (“Catita”), Orlanda Moniz e Rosa Dutra, os mais antigos funcionários desta casa.
Iniciou-se, de seguida, a Cerimónia de Entrega de Prémios aos vencedores das provas nas mais diversas modalidades e de cantar os Parabéns, apagar as velas e cortar o bolo.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO