Como tratar um panarício?

0
30

Frequente, o panarício é uma infeção de um dedo da mão ou do pé muito dolorosa e incomodativa.

O panarício aparece após uma ferida, habitualmente do bordo da unha, que deixa penetrar um germe, sendo o mais frequente o Staphylococcus aureus.

Uma ferida, mesmo muito pequena, pode levar ao aparecimento de um panarício…

Uma picada, um corte, uma farpa, uma pancada com lesão da pele, às vezes uma ferida invisível que passa despercebida, como as tantas que acontecem quando se arranjam as unhas ou se arranca uma cutícula…

Alguns dias mais tarde começam a aparecer os primeiros sinais de infeção: a vermelhidão, o inchaço, o calor e a dor.

Mas atenção, o panarício pode rapidamente complicar-se e levar à formação de um abcesso.

Num estado mais avançado a infeção pode propagar-se aos tecidos vizinhos, em superfície (podendo originar necrose, por exemplo) ou em profundidade (osteoartrite, fleimão ou inflamação da baínha dos tendões, por ex.)

 

Como se trata um panarício? 

Se for um panarício que se está a formar, não complicado, trata-se facilmente com um antisséptico, deixando secar a ferida ao ar ambiente ou recobri-la com uma gaze não apertada. Se for necessário o médico prescreverá um antibiótico (local ou geral).

No caso de um panarício mais profundo, que dura há mais de 48 horas e não tem aspeto que vai melhorar, apesar do tratamento com antibiótico, é necessário o recurso a uma consulta e tratamento de urgência, especialmente quando se complica com um abcesso, com febre, o aparecimento de um gânglio ou de dor mais violenta. Nestes casos o tratamento será cirúrgico, implicando uma limpeza em profundidade da ferida e, se for caso disso, a realização de um exame bacteriológico dos tecidos lesados a fim de se selecionar o tipo de antibiótico a administrar.

Põe-se aqui uma questão: e o Tétano? Está vacinado, ou tem a vacina em dia? Em caso de dúvida o melhor é fazer a revacinação, que deve ser feita todos os 10 anos!

 

Como prevenir um panarício?

Limitando o risco de feridas quando se está a trabalhar.

Usando luvas quando se trabalha, se faz jardinagem.

Evitando arrancar ou cortar muito rente as cutículas à volta das unhas.

Efetuando os trabalhos de manicura com toda a assepsia e com grande delicadeza.

Tratando imediatamente toda a ferida, por mais pequena que seja: lavar, desinfectar e proteger com a ajuda de um penso.

Se se tratar de uma farpa, desinfetar a zona afetada antes de retirar.

Uma chamada de atenção: uma pessoa que tenha um panarício não deve tocar ou preparar alimentos, pois corre-se o risco de uma contaminação dos mesmos. 

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO