Cooperação promove desenvolvimento das comunidades

0
16
blank
DR

O Vice-Presidente do Governo destacou, na ilha Terceira, a importância da cooperação entre instituições, comunidade e forças vivas locais para o aumento da qualidade de vida das populações.

“Uma instituição que, ao ter tido capacidade para dar resposta às necessidades do presente e também às necessidades do futuro, conseguiu agregar à sua volta não só toda uma comunidade, mas também as comunidades vizinhas”, salientou Sérgio Ávila, que falava segunda-feira na posse dos corpos sociais da Casa do Povo de Santa Bárbara, cerimónia a que presidiu em representação do Presidente do Governo.

“Particularmente, teve uma razão de ser do seu sucesso: a capacidade de uma direção, dos seus órgãos sociais, dos seus colaboradores e das pessoas que envolveu quer em trabalho, quer em voluntariado”, frisou.

A Casa do Povo de Santa Bárbara, instituição que Sérgio Ávila apontou como exemplo da cooperação que beneficia as populações, dispõe de um conjunto de serviços que integra um Centro Intergeracional, criado há 15 anos, com diversas valências sociais, recreativas, culturais e formativas.

Esta instituição tem promovido iniciativas como a ‘Haja Saúde’, de intervenção e promoção da saúde comunitária, e a ‘Âncora’, de prevenção das dependências nas escolas, num trabalho desenvolvido em estreita colaboração com o Governo Regional, as câmaras municipais de Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória e a Junta de Freguesia, entre outros parceiros.

Na ocasião, Sérgio Ávila destacou a capacidade de inovação dos jovens ligados ao Centro Intergeracional da Casa do Povo de Santa Bárbara, numa perspetiva de continuidade do trabalho desenvolvido até agora.

“São jovens qualificados que, por via de outros projetos desenvolvidos por esta instituição, conseguiram emprego nas suas comunidades. Não se limitaram a ter esse trabalho. Essencialmente estão a criar mais emprego, mais apoio social e mais respostas aos jovens e aos idosos”, frisou o Vice-Presidente.